Sexualidade

Veja dicas de posição sexual para cada tipo de pênis

Por Redação Doutíssima 13/05/2015

O sexo precisa ser prazeroso e isso independe do “tamanho do documento”. Basta saber qual a posição sexual mais apropriada para cada tipo de pênis.

No entanto, é preciso cuidado ao buscar as variações do papai-mamãe. Um estudo da Unicamp feito em parceria com a PUC-Campinas apontou recentemente que a posição sexual em que a mulher fica por cima durante o sexo é a mais perigosa para os homens.

Publicada originalmente no jornal Advances in Urology, os autores da pesquisa analisaram 44 casos de fraturas penianas em três hospitais de Campinas (SP) durante 13 anos. Em metade deles, a lesão no sexo ocorreu quando a mulher estava por cima.

posição sexual

Posição sexual pode dar maior prazer de acordo com cada tipo de pênis. Foto: iStock, Getty Images

Em segundo lugar no ranking de posições mais perigosas, está a “de quatro”, em que a mulher fica sobre quatro apoios, responsável por 29% das lesões. A terceira colocação é a chamada missionário, quando o homem fica por cima, que causou 21% das ocorrências.

Posição sexual ideal para cada tipo de pênis

Agora que você já sabe que tamanho não é documento e que é preciso ter cuidado ao tentar variar a posição sexual, confira a seguir qual é a indicada para cada tipo de pênis.

 

1. Pênis “normal”

O tamanho perfeito nem sempre parece tão perfeito. Para manter as coisas apimentadas, tente experimentar posições em diferentes ângulos e, além disso, mantenha as pernas afastadas ou então entrelaçadas.

 

É interessante, também, adicionar alguns brinquedos sexuais à relação. Um vibrador é uma ótima opção para esquentar as coisas.

 

2. Pênis longo

Quando ele tem um pênis maior do que o tamanho médio dos homens, a melhor posição sexual é aquela que permita controlar a profundidade e a velocidade da penetração.

 

É possível tentar várias posições, mas a posição sexual ideal para esses casos é aquela em que a mulher fica por cima, ou então a vaqueira reversa – quando a mulher fica em cima e afasta-se do parceiro. Se a mulher não se adaptar à ideia de comandar as ações, é possível tentar a posição do missionário, mas aqui é preciso estar atenta em manter as pernas bastante juntas para que ele não consiga penetrar muito fundo.

 

3. Pênis curto

Se é verdade que o pênis do seu parceiro pode ser maior do que normal, é certo que ele também pode ficar aquém das expectativas. Nesses casos, a melhor posição sexual é aquela que permita uma entrada pela parte de trás. Será possível, assim, uma penetração mais profunda, ainda que o tamanho não seja seu melhor amigo.

 

Algumas dicas são bastante valiosas nesses casos. Por exemplo, se a mulher tiver muitas curvas, é importante que ela deixe os joelhos mais distantes e abra bastante as pernas. Isso permitirá uma penetração mais profunda.

 

4. Pênis grosso

Quando o assunto é sexo com homem que tenha o pênis grosso, dois princípios devem ser observados: pernas afastadas e uso de lubrificante – do contrário, a relação poderá ser dolorosa.

 

Quanto à posição sexual ideal, é possível começar com a chamada cachorrinho e depois fazer um giro, ficando um de frente para o outro. Assim haverá mais espaço, algo necessário quando se trata de um pênis grosso.

 

5. Pênis fino

Mais importante que a posição sexual, nos casos de relação íntima com um homem que possui o pênis fino, é importante que as pernas estejam sempre juntas – o máximo que seja possível.

 

Seguindo essa regra será possível fornecer a estimulação necessária para os dois, permitindo que a relação seja muito mais prazerosa.

 

6. Curvado para cima

Existem alguns pênis que são curvados para cima e esses são os melhores para a estimulação do ponto G feminino em diversas posições: missionário, vaqueira e qualquer outra em que os parceiros fiquem face à face.

 

7. Curvado para baixo

Da mesma forma que o pênis curvado para cima, aquele que é curvado para baixo também é bastante favorável à estimulação do ponto G feminino. Basta observar a posição sexual correta que, nesse caso, é a do cachorrinho.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros