[the_ad_group id="16401"]
Motivação

Veja 5 maneiras simples para melhorar a sua autoridade

Por Redação Doutíssima 07/06/2015

Saber como demonstrar autoridade – e mantê-la – é importante para o crescimento profissional, já que ela pode fazer seus colegas levarem você mais a sério. Muitas pessoas, especialmente gestores novatos, acabam comprometendo essa seriedade sem perceber e depois ficam se perguntando o motivo de não serem mais respeitados pelos outros funcionários.

 

O que é ter autoridade no trabalho?

Ser promovido a um cargo de gestão sempre soa como boa notícia – mais dinheiro, mais poder, entre outros –, mas tem suas desvantagens. Muitas empresas não oferecem um treinamento de gestão adequado. Além disso, é possível que você se sinta desconfortável em uma posição acima a de colegas, que antes estavam na mesma hierarquia.

autoridade

Para ser respeitado, o gestor precisa instruir a equipe de forma correta e ética. Foto: iStock, Getty Images

Para superar essas adversidades, é preciso entender o que significa autoridade. E ela nada mais é do que instruir de forma direta e correta seus subordinados, e ajudá-los a cumprir suas metas e a melhorar seu desempenho.

Líderes de sucesso são bem sucedidos porque eles nunca esquecem que estão lá para servir sua equipe – e não o contrário. De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa Robert Half em 2012, as três principais qualidades de um bom líder são a ética, a capacidade de tomar decisões e a capacidade de inspirar a equipe.

 

É possível melhorar a minha autoridade?

Se você deseja melhorar sua autoridade no ambiente profissional, algumas dicas podem ajudar.

1. Assuma sua posição

Caso você esteja em uma posição de comando, é preciso assumir esse papel e entender que você tem autoridade sobre sua equipe de trabalho. Muitos gestores sucumbem justamente por não compreenderem seu papel.

 

Portanto, assume essa autoridade e comece a tomar decisões, faça os projetos andarem, dê feedback a seus subordinados, e siga em frente.

 

2. Não fique chateado

Os gestores de sucesso não precisam firmar sua posição demonstrando chateação para seus subordinados. Quem deixa esses dois sentimentos transparecerem passa a impressão de que não sabe resolver problemas de outra maneira.

 

Ao dialogar com um empregado sobre alguma coisa que não correu conforme o esperado, demonstre preocupação e não seja hostil. Mostre para ele como mudar o panorama. 

 

3. Preocupe-se em ser respeitado

Muitas pessoas, ao assumirem posições mais elevadas nos quadros das empresas, querem que os subordinados gostem deles. Trata-se de um erro, porque você irá sacrificar suas próprias convicções em benefício de sua imagem frente ao grupo de trabalho.

 

É importante preocupar-se com sua efetividade e competência. Talvez nem sempre suas decisões irão agradar a todos, mas se elas conduzirem o grupo a atingir as metas propostas, certamente você será respeitado por todos.

 

4. Admita seus erros. Não roube os créditos dos outros

Se as coisas foram mal e a culpa é sua, admita seus erros – todos os cometem. Os empregados respeitam os gestores que os admitem e que, ao invés de ficarem empurrando responsabilidades, trabalham duro para buscar soluções.

 

Se as coisas foram bem e o mérito é de um de seus subordinados, dê os devidos créditos a ele. Quem reconhece a contribuição dos outros para os projetos adquire o respeito com mais facilidade e rapidez.

 

5. Não deixe o poder subir à cabeça

O poder é viciante, mas deixa-lo subir à cabeça e exercê-lo sem razão sobre seus subordinados é um erro – muitas vezes irreversível. Assuma sua posição de líder, mas jamais deixe a humildade de lado. Dê ouvidos ao que seus subordinados falam, ainda que não vá seguir à risca todas as sugestões deles.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]