Motivação

Puxar o tapete: veja como se proteger desse comportamento

Por Redação Doutíssima 24/09/2015

É preciso confiança inabalável e muito tato para lidar com colegas de trabalho que costumam puxar o tapete. Não é difícil reconhecê-los: são os que tentam roubar os créditos dominando projetos ou fazem comentários desagradáveis aos superiores.

 

Conviver com pessoas desrespeitosas muitas vezes é desagradável, mas é bom se acostumar porque pode ser muito comum em ambientes de trabalho.

puxar o tapete

Pessoas sabotadoras e com comportamento pouco amistoso são comuns no trabalho. Foto: iStock, Getty Images

 

Puxar o tapete do colega de trabalho é algo comum

Quando confrontado com seu próprio comportamento questionável, um traiçoeiro costuma responder apontando o dedo para alguém. Você já passou ou viu uma situação dessas em seu ambiente de trabalho? Acredite, não está sozinho.

 

Cerca de 96% dos trabalhadores dizem ter experimentado comportamentos pouco amistosos, e 98% referem ter testemunhado uma puxada de tapete, segundo um estudo contínuo feito pela Universidade Georgetown e pela Thunderbird School of Global Management com cerca de 3.000 participantes.

 

Uma outra pesquisa feita pelo site de recrutamento “vaga.com” indica que, dentre 3.834 profissionais com idades entre 16 e 60 anos, aproximadamente 63% já sofreram ação semelhante na carreira.

E o mais interessante é que isso geralmente não vem de um colega, e sim do chefe: cerca de 54% das sabotagens no ambiente de trabalho são protagonizadas por superiores hierárquicos das vítimas. Além disso, 19% dos entrevistados foram despedidos após esses eventos.

 

Como agir com pessoas traiçoeiras no trabalho

É fato que algumas pessoas podem ser extremamente competitivas ao natural – as estatísticas mostram isso. Para ajudar a lidar com colegas de trabalho que têm tendência a puxar o tapete, é necessária uma atitude correta, evitando que eles atinjam sua carreira.

 

Conheça algumas medidas de comportamento capazes de serem adotadas para impedir que seu colega de trabalho sabote sua ascensão na empresa.

 

1. Seja gentil

puxar o tapete

Uma forma de lidar com pessoas sabotadoras no trabalho é manter a gentileza e o sorriso. Foto: Shutterstock

Sorrir é a melhor ferramenta para desarmar colegas de trabalho desagradáveis. Experimente ser compassivo, e lembre-se que a maior vantagem competitiva a longo prazo na economia moderna é um cérebro positivo e engajado. Sempre que possível, sorria e tente ser gentil.

 

2. Esteja um passo à frente

puxar o tapete

Verificar se o seu nome está presente no projeto é uma forma de evitar constrangimentos. Foto: Shutterstock

Para evitar a sabotagem profissional, é importante estar sempre um passo à frente do seu colega sabotador. Quer um exemplo? Se há uma apresentação chegando, não se esqueça de documentar sua contribuição, verificar se seu nome está ali e ter provas concretas de que você participou do projeto.

 

3. Não compre a briga

puxar o tapete

Se você foi sabotado profissionalmente, evite brigas e mantenha o foco no trabalho. Foto: Shutterstock

Muitas pessoas que vivenciam um desses comportamentos negativos no ambiente de trabalho pensam em dar o “troco na mesma moeda”. Isso não é bom para a carreira, já que uma das maneiras mais fáceis de se tornar infeliz no trabalho é entrar em uma briga de egos. Procure fazer o seu trabalho corretamente e não crie uma competição ou uma briga de acusações.

 

4. Reconstrua a confiança

puxar o tapete

Para manter um ambiente pacífico no trabalho, tente reconstruir as relações de confiança. Foto: Shutterstock

Se você estiver em uma situação na qual deve continuar a trabalhar com um colega que acabou puxando seu tapete em algum momento, comece a reconstruir uma relação, ainda que de modo cauteloso.

Caso não se sinta à vontade para trabalhar com esse colega nessas circunstâncias, informe-se sobre a possibilidade de uma transferência para outro departamento – vale lembrar, jamais compre essa briga.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros