Sexualidade

Inspire-se em uma camgirl para despertar o desejo masculino

Por Redação Doutíssima 10/08/2015

Você se lembra de Clara Aguiar? Em 2014 ela participou do reality show Big Brother Brasil, da Rede Globo. Desde então, o termo camgirl se tornou ainda mais popular.

 

A “garota da câmera” faz shows de exibicionismo pela internet, sem precisar entrar em contato íntimo direto. Levado para o âmbito profissional, é uma forma de ganhar de dinheiro sem consumar o ato sexual.

 

Para quem quer se inspirar no trabalho da camgirl, o principal ingrediente é não ter vergonha de se sentir bonita. Além de aumentar a autoestima e deixar a mulher poderosa, a exibição frente às câmeras ajuda na melhora da desenvoltura sexual. Tudo isso com o bônus de deixar os homens malucos.

camgirl

Deixe a timidez de lado e aposte na sensualidade pela web, como uma camgirl. Foto: iStock, Getty Images

 

Vantagens e perigos de ser uma camgirl

Contato exclusivamente virtual é o que guia o trabalho de uma camgirl. Geralmente, elas trabalham em sites específicos, gerenciados por empresas, mas há também aquelas que fazem tudo por conta própria.

 

O ganho financeiro vem do uso de sensualidade em performances feitas principalmente pela webcam, diferente da prostituição, que exige contato físico e sexual.

 

A profissionalização tem se tornado cada vez maior, já que a proposta de negócios atrai pela facilidade e motivação. É possível fazer as exibições da forma que preferir, de casa, a qualquer horário, apenas utilizando a internet. Os rendimentos também são bem significativos, podendo ir de R$ 4 mil a R$ 20 mil mensais.

 

No entanto, é necessário ter maturidade para exercer o trabalho. Além de estar com a autoestima em alta, é preciso saber lidar com contratempos e clientes mal educados. Em alguns sites, há uma política de proteção às mulheres, mas é possível que as imagens vazem e a atividade se torne pública.

 

O negócio é maior a cada dia. Não é apenas um vídeo de vazamento que aguça os sentidos masculinos, mas sim uma brincadeira real e interativa. Porém, sempre é necessário precaução para que contratempos sejam evitados.

 

Seja a camgirl exclusiva do seu parceiro

Se você quer dar prazer apenas ao seu namorado ou parceiro sexual, é possível se inspirar no trabalho da camgirl. Antes de tudo, é necessário ter total confiança no outro, pois há risco de que ele grave e disponibilize as imagens após um término ou relação conturbada. Esteja sempre segura e preveja as consequências.

 

Apesar dos perigos, incorporar uma camgirl pode dar uma boa apimentada no relacionamento. Mostre seu corpo aos poucos, com jeito de tímida, mas atitude confiante, escolhendo e explorando seus melhores ângulos.

 

De acordo com seu estilo e perfil, selecione roupas e lingeries que ajudem a compor o clima. Além de agradar o namorado, você acaba se descobrindo mais bonita e sensual.

 

Uma pesquisa da Universidade Queen’s, no Canadá, descobriu que os órgãos genitais e a mente dos homens possuem uma grande sintonia. Assim, o estímulo visual é suficiente para causar uma ereção e estimulá-lo sexualmente.

 

Quando brincar em frente à câmera, chegue preparada. Conheça sobre o mundo erótico e descubra particularidades do seu parceiro, como a parte do seu corpo que ele gosta mais. Experimente novidades, sinta e proporcione prazer.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros