Sexualidade

Vagina pequena dificulta penetração? Veja posições para o sexo

Por Redação Doutíssima 16/08/2015

Muitas mulheres que sentem algum desconforto durante o sexo logo imaginam que talvez tenham uma vagina pequena. Isso é um grande equívoco, já que raramente esse é o problema. Em geral, o desconforto no ato sexual ocorre devido ao vaginismo, um distúrbio que possui tratamento.

 

É possível ter uma vagina pequena?

Nos anos 60, os cientistas Masters e Johnson desenvolveram um estudo que envolveu 100 mulheres. Analisando-as, eles descobriram que o tamanho da vagina varia entre 2,75 a 3,25 polegadas nas mulheres que nunca estiveram grávidas e que não eram sexualmente estimuladas.

vagina pequena

Vaginismo e falta de excitação podem dificultar a penetração na hora do sexo. Foto: iStock, Getty Images

Eles observaram que quando sexualmente excitada, a vagina é capaz de se expandir para 4,25 a 4,75 polegadas.

 

A explicação é que ela possui paredes musculares que a tornam um órgão elástico. Quando não está estimulada, os músculos ficam contraídos. Quando está, elas conseguem se expandir o suficiente para permitir até mesmo que um bebê consiga nascer através dela. Em outras palavras, dificilmente alguém sofre por ter uma vagina pequena.

 

Quando a vagina parece muito pequena

Normalmente, as mulheres começam a se questionar se têm a vagina pequena quando a penetração fica difícil. Esse tipo de incômodo pode ocorrer em qualquer momento da vida, e normalmente está associado ao vaginismo – embora as questões relacionadas com a idade possam contribuir.

 

O vaginismo é capaz de causar constrições involuntárias dos músculos vaginais. Quando isso acontece, a vagina parece muito pequena, mas não há alteração física alguma nela. Nesses casos, as mulheres devem consultar um médico para restaurar sua capacidade de desfrutar a relação sexual.

 

Da mesma forma, o avanço da idade ou o desuso são capazes de fazer a vagina atrofiar ou até mesmo encolher. Para esses casos, os médicos costumam prescrever dilatadores que suavemente esticam os tecidos vaginais e auxiliam a restaurar a saúde da área.

 

Além disso, não é possível descartar que o problema seja falta de excitação ou lubrificação antes do ato sexual. Isso também é um grande obstáculo para a penetração, independentemente da idade.

 

Melhores posições sexuais para vagina pequena

Embora muitos problemas que levem a uma sensação de vagina pequena não estão relacionados ao tamanho dela, e sim a condições subjacentes, certas posições sexuais podem facilitar a penetração e tornar o sexo mais agravável.

 

Quando a mulher fica por cima, consegue controlar a penetração e o ritmo da relação, facilitando e fazendo com que se sinta mais confortável.

Além disso, a lubrificação é fundamental para que as coisas aconteçam com mais naturalidade – dê importância a esse item, e não descarte até mesmo o uso de um lubrificante para tornar as coisas mais agradáveis para você e seu parceiro.

 

Além disso, quando a mulher deita de lado, consegue ter um pouco de controle sobre a situação. Nessa posição, a profundidade da penetração diminui e ela certamente ficará menos dolorosa.

 

Mesmo com todas essas dicas de sexo, é bastante recomendável que você procure um médico de sua confiança para conversar sobre eventuais problemas de penetração. Ele poderá examiná-la e dar sugestões mais específicas para o seu caso.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros