Moda

Moda de novela: inspire-se no visual que vem da periferia

Por Redação Doutíssima 28/08/2015

A moda de novela ganha cada vez mais relevância entre os espectadores. Há, até mesmo, quem acompanhe uma trama apenas para ficar de olho nos look usados pelos atores e atrizes. Por conta da visibilidade proporcionada pela televisão, agora é o visual da periferia que atrai os holofotes.

Na novela I Love Paraisópolis, da Rede Globo, as roupas das personagens interpretadas por Bruna Marquezine, Tatá Werneck e Caio Castro conquistaram a atenção do público brasileiro. Os looks repletos de cores, estampas geométricas e peças coladinhas no corpo vêm ganhando adeptos.

Especialista quando o assunto é moda, especialmente na periferia, o estilista Alex Santos acredita que as tendências vêm da rua e do comportamento da sociedade como um todo. Ele é o idealizador do projeto “Paraisópolis Inventando Moda”, que tem por objetivo levar o cenário periférico às passarelas. A iniciativa foi apadrinhada pelo renomado estilista João Pimenta.

Público tem se inspirado nas personagens Dandara e Mari da novela I Love Paraisópolis. Foto: Instagram, Reprodução

Personagens Dandara e Mari, da novela I Love Paraisópolis, inspiram público. Foto: Instagram, Reprodução

Moda de novela: inspire-se nos looks de Paraisópolis

Segundo Alex, há alguns motivos bem pontuais pelos quais a moda de novela faz sucesso. “Desde os anos 60, a moda ganhou um ar mais liberal. Agora, tudo o que acontece nas ruas serve de inspiração para futuras criações”, ressalta ele.

O estilista crê que a moda da periferia está ganhando as ruas por ser repleta de comodidade e estilo. “São looks práticos, com cores, personalidade, estampas, misturas e texturas. Cada pessoa tem o seu diferencial”, registra.

De acordo com ele, é por isso a moda faz sucesso nas novelas. “Ela também serve para traduzir o esforço e a garra que as protagonistas Marizete e Regina têm no cotidiano”, cita, se referindo às personagens de Marquezine, em Paraisópolis, e Camila Pitanga, em Babilônia.

Alex reforça, também, que antes eram as passarelas que influenciavam as tendências nas ruas. Agora, o processo foi invertido. “As tendências vão das ruas para as passarelas”, enfatiza. E, para quem deseja adotar o look da periferia, o estilista conta com algumas dicas.

“Shorts jeans curtos, blusinhas com alças, croppeds, regatas cavadas, macaquinhos e vestidos estampados são algumas peças-chave”, aponta. Em relação aos complementos,  boné, brincos, colares chamativos, correntinhas com algum significado, sapatos confortáveis, coturnos, tênis e rasteirinhas se destacam.

Quem adotar o look inspirado em Paraisópolis, não deve ter medo de usar cores e estampas no visual. “Rosa, vermelho, amarelo, azul e verde fazem parte da paleta de tons”, enfatiza.

Famosos adotam o look da periferia

Não foi só a televisão que ajudou a colocar o visual periférico em evidência. A indústria musical também teve um grande papel em relação a isso. É possível perceber a pegada da periferia nos looks de Ludmilla, Anita, Valesca e Mc Guimê”, aponta o estilista.

Ele acredita que, independente do resultado final nesses artistas, é interessante ver como eles levantam a bandeira para representar o estilo da periferia e mostrar influências das histórias de onde vieram no visual. Por isso, autenticidade é uma característica forte dessa tendência.

“Independente de todas as influências e inspirações, o mais importante na moda é ser você mesmo. A pessoa precisa manter uma coisa básica: sua própria identidade. É isso que torna o estilo da periferia tão único, a identidade que cada um imprime no seu visual”, conclui.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros