Especialidades

Posições para dormir: saiba quais são os prós e contras

Por Redação Doutíssima 08/09/2015

Uma noite de sono tranquilo e restaurador faz parte de uma vida saudável. Escolher posições para dormir que promovam um maior descanso vai, com certeza, melhorar a qualidade das suas noites e ter impactos positivos no dia a dia.

 

Dormir de lado previne degeneração do cérebro

Uma pesquisa desenvolvida na Stony Brook University e publicada no The Journal of Neuroscience descobriu que dormir de lado pode ter ação preventiva contra doenças como Alzheimer e Parkinson.

posicoes para dormir

Posição escolhida para dormir pode afetar a qualidade do sono e a saúde da pessoa. Foto: iStock, Getty Images

O estudo observou a atividade cerebral de ratos e percebeu que os que dormiam de lado passavam por uma limpeza mais eficiente no órgão. Durante o sono, toxinas e outras substâncias consideradas lixo são eliminadas da atividade neural, melhorando o desempenho e evitando a degeneração.

Ciência das posições para dormir

A boa notícia sobre essa limpeza cerebral é que, segundo o Sleep Assessment and Advisory Service, do Reino Unido, 69% das pessoas dormem em alguma posição de lado. Há ainda estudos que tentam traçar padrões de personalidade conforme a postura em que alguém pega no sono.

Estar em uma posição confortável é essencial para ter um sono tranquilo e restaurador. Se melhorar a qualidade de vida e a saúde, além de prevenir doenças, fica melhor ainda.

Uma alternativa para melhorar a qualidade das noites é o body pillow. Muito utilizado por gestantes, é um travesseiro alongado e serve para apoiar braços e pernas, promovendo maior conforto na hora de dormir. Qualquer pessoa pode usar e ele é especialmente indicado para aliviar dores nas costas ou tensão muscular na parte superior do tronco.

As posições para dormir variam entre as pessoas e também entre as fases da vida, mas é comum que durante a vida adulta uma seja a principal. Conheça as posturas mais tradicionais para dormir e seus benefícios.

1. Posição fetal

posicoes para dormir

Apesar de diminuir o ronco à noite, a posição fetal pode forçar a musculatura cervical. Foto: Shutterstock

A coluna fica relaxada e joelhos e cotovelos ficam próximos do corpo, em direção ao peito. Essa postura diminui o ronco e alivia a tensão na lombar durante a gestação, mas quando a curvatura é extrema, impede a respiração profunda.

Outro ponto negativo é que curvar o pescoço e levar o queixo em direção ao peito pode forçar a musculatura cervical.

2. Barriga e braços para cima

posicoes para dormir

Dormir de barriga para cima pode ser uma forma de melhorar a respiração durante o sono. Foto: Shutterstock

Das posições para dormir, essa é também conhecida como estrela do mar por manter os membros espalhados. Quem dorme em camas pequenas ou acompanhado pode ter dificuldade de espaço para descansar assim.

A postura permite a respiração livre e profunda, é boa para a coluna e ainda ajuda a prevenir rugas no rosto. Mas os braços para cima podem causar problemas nos ombros e até dificultar a circulação sanguínea até as mãos.

3. Barriga para baixo

posicoes para dormir

Ao dormir de barriga para baixo, o pescoço é sobrecarregado e pode ficar dolorido. Foto: Shutterstock

Apesar de aliviar a pressão nas costas e melhorar a digestão, essa posição acaba forçando muito o pescoço, já que é preciso virar a cabeça de lado para conseguir respirar sem problemas.

Mulheres com seios grandes podem ter muita dificuldade de respirar nessa postura. Se ainda assim é confortável, tente ficar por um tempo e depois trocar, antes de pegar no sono.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 

 

É fã do Doutíssima? Acompanhe o nosso conteúdo pelo Instagram!


Sites parceiros