Moda

Tipos de colares: descubra qual o ideal para cada decote

Por Redação Doutíssima 11/09/2015

O colar é, sem dúvida, um dos complementos protagonistas no look feminino. Mas na hora de escolher a peça ideal, é importante levar em consideração alguns quesitos. Se o objetivo for valorizar a aparência, é preciso escolher entre os tipos de colares, de acordo com o decote.

A primeira orientação é a seguinte: o colar deve seguir o formato do decote e não ficar por cima dele, mas sim acima ou abaixo. Esse pequeno truque ajuda a destacar o efeito do complemento e da peça de roupa. Com isso, a composição fica harmoniosa.

tipos de colares - mulher colocando o colar -  doutissima - iStock

Tipos de colares devem ser escolhidos de acordo com o decote. Foto: iStock, Getty Images

Tipos de colares: como usar?

Por ser um dos acessórios mais queridinhos do universo feminino, o colar já ganhou diversas variações. Comprimentos longos e curtos, adornos, brilhos e pedrarias valorizam cada peça em particular. De acordo com a personal stylist Ingrid Sauer, os maxicolares são tendência para 2015.

Mas isso não significa que são apenas os modelos em tamanho gigante que vão fazer sucesso. O ideal é tentar, sempre, equilibrar as proporções. Quem tem o pescoço mais curto deve usar um colar comprido, para dar aquela impressão de alongamento.

Já no caso contrário, o ideal é investir em um colar curto, para disfarçar o pescoço alongado. A melhor parte em relação a isso é que os tipos de colares se adaptam aos diferentes looks. Por exemplo: podem ser utilizados tanto no traje de gala, quanto no dia a dia.

Outro ponto positivo é que o colar transforma um visual básico em um esteticamente mais interessante. “O colar é um acessório que reforça a identidade e o acabamento da sua imagem. Ele é ótimo para dar um toque inédito ao look”, avalia Ingrid.

 

Tipos de colares e decotes

Na hora de repaginar seu outfit, é importante escolher um colar que, além de valorizar o seu tipo físico, também caia bem com o decote escolhido. “Este é um dos cuidados importantes para acertar no visual”, conta Ingrid. Mas como fazer isso de forma equilibrada? Confira algumas opções:

1. Colo em evidência

Para deixar o destaque total da aparência por conta da combinação entre colar e decote, escolha blusas mais cavadas. Elas podem ter um recorte redondo, quadrado ou triangular. Neste caso, lembre-se de seguir a regra básica: o colar deve acompanhar o formato da roupa.

 

Por isso, reserve os colares mais arredondados para usar com a blusa cavada neste formato e assim por diante. No caso de um tomara-que-caia, o ideal é apostar em um modelo mais adornando e rente ao pescoço. As gargantilhas estão em alta.

2. Colo escondido

 

Quem não gosta de um decote, também não precisa se desesperar e abrir mão do colar. Pelo contrário: a peça também é ideal para valorizar uma básica de gola alta ou uma camisa mais fechada. Neste caso, vale a pena ousar com modelos de colares diferenciados, com argolas e pingentes.

No caso do colo escondido, também é interessante usar colares mais compridos e, até mesmo, mais de um modelo ao mesmo tempo. Como a roupa é discreta, a dica é ousar nos complementos.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 

 

É fã do Doutíssima? Acompanhe o nosso conteúdo pelo Instagram!


Sites parceiros