Cabelos

Velaterapia promete acabar com as pontas duplas dos cabelos

Por Redação Doutíssima 22/09/2015

Fios ressecados e pontas duplas são motivos de preocupação dentro do universo feminino. Às vezes, nem o melhor dos cremes surte efeitos positivos nas madeixas. É por isso que a velaterapia, técnica que consiste em – literalmente – queimar os fios danificados, está conquistando adeptas.

 

A velaterapia não é um tratamento inédito. Mas se antes colocar fogo nos cabelos parecia loucura, agora que as vantagens do truque estão sendo discutidas com mais seriedade, ele se torna popular nos salões de beleza. Especialmente porque a vela cauteriza o fio, fazendo com que ele cresça forte e eliminando as pontas duplas.

velaterapia

Técnica que usa chama de vela ajuda a cauterizar o fio e elimina as pontas duplas. Foto: Shutterstock

 

Velaterapia: entenda como funciona

O procedimento de velaterapia deve ser feito em um salão especializado. A técnica dura, em média, de 30 a 40 minutos e consiste no uso da chama da vela em mechas finas do cabelo. Com as madeixas secas, o profissional aplica o fogo rapidamente em cada uma delas.

 

Depois que os fios são calcificados, é formada uma ‘bolinha’ nas pontas, que pode ser retirada com a tesoura, através da técnica do corte bordado. Ele é feito com uma tesoura fina, eliminando de vez quaisquer pontas duplas restantes.

 

Para finalizar o tratamento, o especialista aplica uma hidratação rica em vitaminas nos fios. Isso garante a vitalidade e o brilho das madeixas, fazendo com que cresçam mais saudáveis. Ou seja: trata-se de uma repaginada total no visual.

 

Os entusiastas da técnica apontam que o diferencial do tratamento está na eliminação total das pontas duplas. A alegação é a de que, enquanto outros procedimentos disfarçam as pontas danificadas, a chama da vela as executa por completo.

 

Cuidados com a velaterapia

Inicialmente, é importante conversar com um cabeleireiro especializado para verificar se, de fato, esse tratamento é o mais recomendado para você. Geralmente, a velaterapia é indicada em casos de cabelos com pontas duplas em excesso, com aspecto muito ressecado ou que têm dificuldade para crescer.

 

Apesar de ser um procedimento relativamente simples, ele nunca deve ser feito em casa. Além do perigo da proximidade do fogo com o cabelo, quando feita de forma errada, a técnica pode queimar e prejudicar ainda mais o fio, causando efeito contrário ao desejado.

 

O tratamento com a chama da vela pode ser feito, em média, a cada dois ou três meses. O preço varia, mas custa entre R$300 e R$500 reais nos salões especializados.

Celebridades aderem ao tratamento

Responsáveis por disseminar a técnica, as famosas foram algumas das primeiras a aderirem ao tratamento. Personalidades como Alessandra Ambrosio, Preta Gil, Angélica, Isabella Fiorentino, Cleo Pires, Ingrid Guimarães, Sophia Abraão e Carolina Dieckmann já foram clicadas fazendo o procedimento.

No caso das atrizes, cantoras e modelos, que passam por muitas mudanças de cor e química no cabelo, o procedimento surge como alternativa para acabar de vez com as madeixas danificadas. Se esse for o seu caso também, quem sabe vale a pena apelar para a chama da vela.

Gostou das dicas? Pensa em experimentar a velaterapia? Deixe um comentário!

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 

 

É fã do Doutíssima? Acompanhe o nosso conteúdo pelo Instagram!


Sites parceiros