Sexualidade

Retiros sexuais: entenda como funciona o movimento slow-sex

Por Redação Doutíssima 29/09/2015

Se você está com dificuldades para atingir o orgasmo com o parceiro, talvez os retiros sexuais sejam uma boa ideia para resolver esse incômodo. Em apenas alguns dias, você pode aprender mais sobre questões relacionadas à sexualidade e intimidade.

 

Descontentamento sexual é um problema comum nos relacionamentos, sendo que muitos supõem que isso acontece porque a paixão desaparece ao longo do tempo. Porém, isso é um mito.

retiros sexuais

O conhecimento sobre sexualidade ajuda a deixar a vida a dois mais prazerosa. Foto: iStock, Getty Images

 

Satisfação sexual e relacionamentos

É possível encontrar satisfação sexual no relacionamento apesar dos níveis de desejo diferentes dos parceiros? Segundo psicólogos da Universidade de Toronto, a resposta é afirmativa, mas exige motivação e compromisso.

Conforme o estudo publicado no Personal and Social Psychology Bulletin, disparidades no nível de desejo sexual não significa o fim da felicidade de um casal.

 

No entanto, eles alertam que aqueles mais motivados a satisfazer os desejos do outro possuem melhores relacionamentos e maior satisfação sexual. Essas pessoas tendem a ver o sexo como uma peça da relação de longo prazo que, como muitos aspectos, exige dar e receber para a saúde da vida a dois.

 

A partir daí é que surgem os retiros sexuais, capazes de ajudar muitos casais a recuperar essa intimidade perdida. Um dos mais famosos é o One Taste Urban Retreat Center, em São Francisco, nos Estados Unidos.

Esse centro possui dez outras unidades pelo mundo, sendo dedicado à “sexualidade consciente“. Ele foi fundado por Nicole Daedone, líder do movimento slow sex, que coloca uma ênfase quase exclusiva no prazer das mulheres.

 

Slow sex é um dos mais famosos retiros sexuais

Esse retiro sexual oferece aulas e eventos com temas variados como arte sensual, yoga, dança do fogo, e meditação. O que todos têm em comum é o compromisso com seu propósito: alcançar a conscientização espiritual e física através da lente da sensualidade. O One Taste foi fundado em agosto de 2004.

 

A ideologia por trás desse conceito é o chamado slow sex, oposto do sexo tradicional que é mais forte e rápido. É utilizada a técnica conhecida como meditação orgásmica, uma mistura de meditação com masturbação que é capaz de ajudar a proporcionar um prazer mais profundo, conectado e íntimo.

A meta não é apenas alcançar o orgasmo, mas sim viabilizar uma experiência intensa e positiva para os participantes.

 

Segundo o OneTaste, ambos os parceiros conseguem se beneficiar dessa experiência de 15 minutos. Os benefícios envolvidos não incluem apenas aqueles relacionados com a meditação e o orgasmo, mas também com o alívio do estresse – que muitas vezes é peça-chave dentro de uma vida a dois.

 

Há, ainda, outros retiros sexuais famosos que prometem auxiliar na melhora da vida do casal. Um dos exemplos mais conhecidos são os retiros tântricos. Derivados dos ensinamentos hindus sobre a união de homens e mulheres, eles oferecem aulas de intimidade sexual derivadas de fontes espirituais orientais.

Paralelamente a essas lições, é trabalhada ainda a intimidade com base no tantra, bem como ofertadas ainda aulas de massagem, refeições gourmet e uma variedade de opções mais específicas, como cavalgadas ou caminhadas.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre retiros sexuais? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros