Há milhares de técnicas de bricolagem que podem ser muito úteis em seu dia a dia. Cuidar da casa sem o auxílio de profissionais talvez demande algum tempo, mas é uma ótima forma de manter o imóvel sempre valorizado. Além disso, nas horas vagas muitas vezes é uma boa terapia.

 

Bricolagem é sinônimo de economia

A bricolagem é uma técnica que significa construir, reparar ou modificar alguma coisa sem a ajuda de profissionais especializados. As pessoas realizam por conta própria pinturas, conserto de encanamentos ou até mesmo uma decoração que viram em algum lugar e desejam reproduzir na sala de casa.

bricolagem
Fazer pequenos consertos sem ajuda profissional proporciona economia financeira. Foto: iStock, Getty Images

Para isso, é fundamental dar atenção aos materiais necessários para a realização de certa atividade, bem como a eventuais equipamentos de segurança.

 

De acordo com uma pesquisa publicada na Academy of Marketing Science Review, há diversas motivações para uma pessoa aderir à bricolagem. Dentre elas, se destacam os benefícios econômicos, a falta de produtos ou de produtos de qualidade e a vontade de personalização.

 

Poucas pessoas sabem, mas manter as coisas em dia dentro de casa também é capaz de valorizar o imóvel em uma eventual venda no futuro.

Um levantamento realizado pelo site americano HomeGain, dos Estados Unidos, entrevistou 500 corretores de imóveis em 2012 e mostrou que investir na organização e na limpeza da residência é capaz de valorizar a casa em até cinco vezes o valor investido nessa atividade.

 

Técnicas para fazer pequenos reparos em casa

Encontrou um arranhão em um móvel ou comprou uma máquina de lavar nova e não tem tempo para chamar um profissional? Veja como técnicas de bricolagem podem te ajudar a fazer essas pequenas tarefas você mesmo:

 

1. Buracos na parede

Resolveu dar uma redecorada na sala e mudar aquele quadro que há anos estava no mesmo lugar para outro e não sabe como tapar os furos? Calma, você não precisará chamar um pintor para fazer isso por você.

Basta fechá-los com massa corrida. Você precisará apenas de uma espátula para aplicar e um pouco de paciência – leva mais ou menos três horas para secar. Depois é só lixar a área e pintar.

 

2. Instalar máquina de lavar roupas

Se você já tem uma torneira específica em casa é bastante fácil e sem mistério. É só passar a fita de vedação na torneira e rosquear a mangueira da máquina. Fácil, não é? Não esqueça da mangueira de água suja – é possível escorá-la no tanque ou colocá-la em um ralo, caso tenha por perto.

 

3. Azulejo quebrado

É bastante fácil fazer a troca de um azulejo. Você precisará apenas de um azulejo novo, uma serra de argamassa, um pouco de cola especial e argamassa fresca.

Basta serrar os cantos da argamassa, remover por completo o azulejo quebrado – quebre os outros pedaços caso não saia tudo de uma só vez, coloque o novo no lugar com aplicação de cola adesiva e aplique argamassa ao redor.

4. Arranhões em armário de madeira

Você não precisa investir em um armário novo caso verifique que o seu está com alguns arranhões que dão um aspecto feio ao móvel. Não há mistério para solucionar o problema e ocultá-lo. Vá a uma loja de ferragem e peça uma espécie de lápis que serve para esse tipo de conserto. Depois é só voltar para casa e esfregá-lo no local do risco, e está pronto.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!