[the_ad_group id="16401"]
Dieta

Milk shake é alternativa para perder peso: faça versões lights

Por Redação Doutíssima 20/10/2015

Bebida doce e gelada, o milk shake é conhecido pela mistura de leite, sorvete e cobertura em suas receitas mais tradicionais. Apesar de bastante calórico e geralmente ser acompanhado de hambúrgueres e batata frita, o seu preparo pode ser saudável e tornar-se aliado de uma dieta mais prazerosa.

Origem do milk shake

Já imaginou tomar um milk shake feito sem sorvete? No fim do século 19, quando surgiu, a bebida de origem norte-americana era preparada com açúcar, ovos, leite e uísque. Entretanto, para atingir maior público, o chocolate, leite maltado e outros ingredientes passaram a substituir o álcool da receita.

milk-shake-doutissima-istock-getty-images

É possível fazer milk shake com pouca adição de açúcar e teor de gordura. Foto: iStock, Getty Images

Com o passar do tempo, o sorvete virou o ingrediente principal e referência quando se fala na bebida. Geralmente servido em copos altos com canudos grossos para facilitar a passagem do líquido cremoso, os milk shakes mais calóricos são encontrados nas redes de fast food.

Por isso, para não sair da dieta, aposte em versões caseiras, com ingredientes saudáveis, com pouca adição de açúcar e teor de gordura. Veja abaixo como aproveitar a bebida para perder peso.

Como incluir o milk shake na dieta  

Existem diversas dietas que utilizam shakes considerados emagrecedores como substitutos de certas refeições, como jantar ou almoço. Entretanto, o indicado é que as bebidas sejam consumidas junto de uma alimentação balanceada, com versões integrais, frutas, legumes, verduras e carnes magras.

Alguns métodos prometem queimar até quatro quilos em apenas cinco dias. Nesses casos, é preciso ter cuidado e não usar o shake para substituir duas refeições no mesmo dia, além de não ser recomendado o consumo isolado por mais de 48 horas.

Medidas como essas são apenas para emagrecimentos de emergência, e não devem ser seguidas por mais de uma semana. Para auxiliar no emagrecimento de forma saudável, a bebida deve ser nutritiva, oferecer proteína, encontrada no leite ou iogurte, carboidratos, vitaminas e sais minerais, fornecidos pelas frutas, hortaliças e castanhas.

Além disso, as fibras solúveis e insolúveis, como aveia, linhaça e gergelim, turbinam o shake e auxiliam no bom funcionamento do intestino e aumentam a sensação de saciedade.

Receitas menos calóricas

Aproveite a seguir versões com menos calorias para você fazer em casa: 

 

Milk shake de frutas vermelhas

 

Ingredientes:

– 2 bolas de sorvete de creme ou de abacaxi com baixo teor de gordura e sem adição de açúcar

– 8 morangos tamanho médio

– 1 fio de mel

– Folhas de manjericão

– Mirtilo para decorar

Modo de preparo:

Bata todos ingredientes no liquidificador e decore com mirtilo.

Milk shake de chocolate com iogurte

Ingredientes:

– ½ copo pequeno de iogurte light

– 2 bolas de sorvete de creme ou de abacaxi com baixo teor de gordura e sem adição de açúcar

– 1 colher de chá de cacau de pó

– ½ banana prata média bem madura

– Folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo:

Bata todos ingredientes no liquidificador e decore com folhas de hortelã.

Milk shake de chocolate

Ingredientes:

– 100g de chocolate diet

– 300g de sorvete de chocolate diet

– 3 xícaras de chá de leite desnatado

– Lascas de chocolate diet para decorar

Modo de preparo:

Derreta o chocolate em banho maria. Em seguida, acrescente metade do leite e mexa até formar uma calda. Reserve. Bata no liquidificador o sorvete com o restante do leite, até que fique cremoso. Derrame a calda de chocolate nas laterais do copo e preencha com o sorvete batido. Decore com as lascas e sirva.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]