Você quer conhecer diferentes posições sexuais para lésbicas? Elas realmente podem proporcionar muito prazer. Pesquisas mostram que mulheres lésbicas têm muito mais orgasmos que mulheres heterossexuais. Se você é lésbica e quer apimentar a relação ou é hetero e também quer adicionar uma novidade na cama, saiba que é possível aprender novas formas de prazer.

 

Lésbicas têm mais orgasmos

Um novo estudo sugere que quando se trata de satisfação sexual, o problema para as mulheres pode estar nos homens. De acordo com o levantamento publicado no Journal of Sexual Medicine, as lésbicas são mais propensas a terem orgasmos do que as mulheres heterossexuais.

posicoes-sexuais-para-lesbicas-doutissima-istock-getty-images
Lésbicas são mais propensas a terem orgasmos do que as mulheres heterossexuais. Foto: iStock, Getty Images

O estudo descobriu que lésbicas relatam ter orgasmo durante o sexo cerca de 75% do tempo, enquanto apenas 62% das heterossexuais responderam nesse sentido. Uma possível explicação é que mulheres lésbicas ficam mais confortáveis e familiarizadas com o corpo feminino e, portanto, são mais capazes de induzir o orgasmo na parceira.

 

Além disso, elas podem explorar algo que os homens nem sempre dão atenção. Um dos focos está na estimulação do clitóris, que para alguns estudiosos é o centro do prazer na mulher. Em um estudo publicado na revista Clinical Anatomy, os autores dizem que a maioria das mulheres no mundo não têm orgasmos durante o sexo com penetração e que o clitóris é a chave para todos os orgasmos femininos.

 

Melhores posições sexuais para lésbicas

As posições sexuais para lésbicas são uma seleção de posturas que ajudam as parceiras a explorar melhor o corpo uma da outra. Elas podem facilitar um movimento ou até mesmo mostrar uma nova fórmula de estímulo. Por isso, vale a pena tentar cada uma delas. Confira:

 

1. A parceira receptiva deita de costas em uma cama com as pernas abertas, enquanto a outra apoia-se sobre os cotovelos entre suas pernas. A parceira receptiva pode variar sua posição perna, flexionando os joelhos ou colocando-as sobre os ombros da amante.

 

2. A mulher receptiva senta em uma cadeira, à beira de uma cama ou sofá. A parceira permanece de joelhos entre as pernas, fazendo amor com ela dessa forma.

 

3. Ambas as parceiras ficam de lado, uma de frente para a outra. A parceira receptiva posiciona as coxas em torno da cabeça de sua parceira.

 

4. A parceira receptiva se apoia em suas mãos e joelhos e a parceira ativa ajoelha-se atrás com a cabeça entre as pernas de sua amante. Isso também pode ser uma boa posição para um anilingus.

 

5. O 69 é uma posição em que as parceiras podem fazer sexo oral ao mesmo tempo. Ela é alcançada com uma deitada de costas e a outra deitada em cima da parceira. Deve-se ficar em direções opostas para que órgãos genitais e bocas fiquem de fácil acesso para ambas.

 

6. Há uma variação do 69 também. Cada parceira deita lado a lado em direções opostos, com suas bocas alinhadas com os órgãos genitais da outra. Essa posição pode ser mais fácil para o pescoço do que a posição 69 tradicional.

 

7. A parceira ativa deita de costas com um travesseiro sob seu pescoço. A parceira receptiva fica em cima dela, com os joelhos dobrados, e leva seu órgão genital para que entre em contato com o rosto da parceira.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!