Moda

Confecções trazem lingerie masculina com rendas e babados

Por Redação Doutíssima 03/11/2015

Se você acha que a roupa íntima sexy é exclusiva do universo feminino, vai precisar rever esse conceito. A lingerie masculina, com direito a babados, rendas e cores sensuais já é uma realidade. Com o objetivo de fornecer todo o conforto dos modelos femininos aos homens, as peças chegam ao mercado para atender um público ousado, independente da orientação sexual.

As peças de lingerie masculina nada mais são do que readaptações das femininas, adequadas para um tamanho maior. Assim, sutiãs, corseletes de renda e tangas com babados e estampas ganham espaço em coleções destinadas ao público masculino. Em relação ao uso, não há distinções: se o homem se sentir confortável, pode usar.

lingerie masculina instagram reproducao doutissima

Lingerie masculina é feita com laços, rendas, cores e formatos diferenciados. Foto: Instagram, Reprodução

Lingerie masculina é opção confortável

À frente da loja virtual de lingeries masculinas HSMen’s Underwear, a empresária Herika Secundino explica que, antes de abrir o seu negócio, já percebia a procura dos homens por lingeries. “Já tinha a ideia de começar a vender as peças há mais de cinco anos, pois sabia que havia homens usando lingeries femininas, o que deve ser muito desconfortável”, conta.

O que impedia Herika de concretizar sua ideia era o fato da loja física não ser ideal para a comercialização da lingerie masculina, considerando que os homens buscam discrição ao adquirir as peças. “Quando percebi que era possível abrir uma loja online, resolvi arriscar”, explica a empresária.

Assim, ela passou a vender cuecas com modelagem em lycra, adaptadas à anatomia masculina, enfeitadas com laços, rendas e cores diferenciadas. “Os preços variam de R$ 29,90 a R$ 49,90 e a embalagem é discreta, não leva logomarca. Essa é uma das principais exigências deles”, diz.

Em relação aos clientes, Herika conta que o público-alvo são tanto homossexuais quanto heterossexuais. “Alguns até escrevem e-mails ou ligam para agradecer pelas peças”, garante. 

A empresária acredita que o preconceito em relação à lingerie masculina ainda é muito forte. “Recebemos muitas mensagens ofensivas nas redes sociais”, diz. Mas ela enxerga um futuro próspero para o negócio. “Está acontecendo uma mudança cultural. Hoje os homens têm uma preocupação maior em seduzir e agradar a parceira”, avalia.

Quem sabe a lingerie masculina não possa ser um truque para apimentar a relação a dois? 

 

Lingerie masculina: como usar?

A moda íntima masculina está conquistando seu espaço também em outros países, como Austrália e França. As peças vieram para atender a uma demanda já existente, considerando que muitos homens apreciavam a leveza dos tecidos de microfibra e lycra presentes nas lingeries femininas, mas ainda não contavam com essa opção de vestuário.

A ideia da lingerie para homens é disponibilizar peças que podem ser utilizadas no dia a dia, garantindo conforto e segurança em relação à roupa íntima. Sem falar no apelo visual, também, na hora H.

Mas isso não significa que o homem precise investir logo de cara em um corselete ou sutiã de rendas. Os mais inibidos podem começar experimentando as cuecas em forma de tanga e fio dental,  para verificar se apreciam o conforto e a estética da lingerie masculina. Se o desejo for o de investir na peça, é importante deixar os preconceitos de lado.


Sites parceiros