Motivação

Como escrever um livro: veja 5 dicas que ajudam na missão

Por Redação Doutíssima 19/11/2015

Colocar ideias, conceitos ou simplesmente uma história no papel nem sempre é tarefa fácil. Principalmente para quem almeja se tornar escritor e não sabe nem por onde começar. Por isso, reunimos dicas de como escrever um livro para ajudar nessa tarefa. 

 

Uma pesquisa divulgada no ano passado pela Federação do Comércio (Fecomércio) do Rio de Janeiro apontou que, em 2014, 70% dos brasileiros não tinha acesso a sequer um livro. A leitura expande o vocabulário e estimula a criatividade, assim como o desafio de escrever uma obra literária

A leitura e a escrita trazem inúmeros benefícios para quem os adota como hábitos. O escritor e mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Cássio Pantaleoni, salienta que escrever o ajudou em muitos aspectos, como a estimular a sua sensibilidade quanto às relações humanas.

como escrever um livro istock getty images doutíssima

Escrever um livro estimula a criatividade e ajuda na construção de um bom vocabulário. Foto: iStock, Getty Images

Como escrever um livro: os primeiros passos

O livro começa muito antes de ser escrito de fato. O seu início se dá na escolha do tema. Escolha algum assunto que goste e tenha afinidade. Confira abaixo as dicas do escritor Pantaleoni:

 

1. Personagens sob os holofotes

 

De acordo com Pantaleoni, o início de um livro precisa seguir uma orientação simples. “O leitor precisa encontrar algo referente à personagem e aos seus modos de se comportar diante dos fatos e acontecimentos que colaboram para a trama”, afirma.

 

2. Estimule a curiosidade

 

Uma boa obra é provocante e o instiga a querer saber mais sobre a história. “Um livro é a soma de várias partes, várias situações, vários acontecimentos. Saber organizá-los de modo a suscitar a curiosidade do leitor é fundamental”, acrescenta o escritor.

 

3. Leia em voz alta e reescreva

 

Para escrever um livro é necessário dedicação e empenho. Cássio Pantaleoni sugere que os escritores iniciantes leiam em voz alta e reescrevam a história para que assim as ideias sejam organizadas e aperfeiçoadas.

 

4. Fuja dos clichês

 

Clichês demonstram um vocabulário pobre e pouco acrescentam ao livro. “Sobretudo evitar a ideia de que aquele caso de amor ou aquela situação triste pelo qual passou seja algo que nunca foi pensado antes. Todas as histórias já foram contadas, o que muda é a forma”, ressalta o mestre em Filosofia. 

 

5. Edição

 

Na empreitada de escrever um livro de boa qualidade não se pode esquecer da importância da edição. Essa tarefa não deve ser feita apenas pelo escritor, mas sim dividida com um bom editor.

Aplicativos que ajudam na tarefa

Agora que você conferiu algumas dicas para escrever o seu livro, está na hora de conhecer dois aplicativos que vieram otimizar o tempo de quem quer escrever. Veja a seguir:

 

1. iA Writer

 

É uma plataforma que simula a escrita de uma máquina de escrever a fim de evitar distrações no momento da escrita. Está disponível para MAC e outros dispositivos da Apple e também para Android.

 

2. yWriter

 

É um aplicativo que divide o livro em capítulos e cenas. O yWriter também ajuda a organizar ideias, criar personagens e cenários. É possível acrescentar anotações às imagens e aos cenários no momento de desenvolvimento do livro.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre como escrever um livro? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros