[the_ad_group id="16401"]
Bem-Estar > Motivação

Quando chega a hora de iniciar uma mudança de vida

Por Redação Fortíssima 30/06/2016

Diante da rotina, é difícil encontrar alguém que nunca sentiu vontade de iniciar uma mudança de vida, seja no âmbito profissional, amoroso ou em qualquer outra esfera. O desafio é saber exatamente a hora certa de dar o primeiro passo em busca do novo sonho. Como abandonar a zona de conforto, o medo do desconhecido e a falta de conhecimento?

Segundo Luciane Lamour, partner da SBCoaching, inicialmente é preciso entender que sentir vontade de mudar é algo muito positivo. “Significa que somos protagonistas das nossas vidas, que estamos atentos ao que ocorre ao nosso redor e sedentos de evolução e crescimento. Algo que é natural do ser humano”, sustenta a profissional.

Descubra a hora para uma mudança de vida

Abandonar um emprego, trocar de casa ou terminar um relacionamento podem ser mudanças assustadoras. Afinal, não há nenhuma garantia sobre o futuro. Mas saiba que há formas de pensar sobre os seus objetivos e estabelecer metas com clareza, para não dar um passo maior que a perna.

Inicialmente, Luciane sugere fazer pequenas transformações no dia a dia, mas com frequência. A partir daí, você poderá se acostumar quando tiver que iniciar mudanças de rota mais profundas e importantes, que exigem reflexão, clareza nas decisões e, claro, um bom planejamento.

“O momento certo é uma questão de clareza, planejamento e disposição para o aprendizado e a ação”, resume a coach. O primeiro passo é responder à pergunta: por que mudar? É preciso compreender o que está movendo esse desejo.

Quando sentir que está simplesmente sem perspectivas de crescimento, não tem uma visão de futuro ou está longe de atingir seus objetivos, pode ser uma boa hora. Ao refletir sobre isso, conforme explica Luciane, você poderá concluir se está passando apenas por uma insatisfação temporária e superficial ou se está na hora de seguir em frente.

O exercício de reflexão é válido em qualquer situação, seja para um emprego, um negócio ou um relacionamento. “Realizar mudanças importantes, mas por motivos superficiais, causa descontinuidade e falta de realização”, adverte ela. Só quando perceber que os aspectos motivadores são concretos é que vale começar o processo de transformação.

Tudo isso não significa, porém, simplesmente tomar uma decisão de uma hora para outra. A dica para que a transição ocorra com tranquilidade é fazer um plano, traçando uma estratégia para se chegar do ponto A – aonde você está agora – até o ponto B – aonde deseja chegar.  

Mudança de vida

Mudar significa enfrentar a zona de conforto. Foto: iStock, Getty Images

 

Importância de sair da zona de conforto

Conforme destaca a partner da SBCoaching, a sensação de comodidade da zona de conforto, que exige pouco esforço, gera menos ansiedade e fornece uma previsibilidade sobre a vida, geralmente é o que barra mudanças importantes. Junto ao medo de desconhecido, ela pode simplesmente paralisar a pessoa.

“O apego à zona de conforto pode ser enfraquecido ou eliminado ao tomarmos consciência de que ali não estamos sendo desafiados, não estamos nos desenvolvendo. Manter novos hábitos, novas competências e atitudes são desafios que nos levam para uma zona de performance que envolve um processo de aprendizado e evolução”, reitera Luciane.

E é justamente esse caminho de evolução que poderá fazer você atingir novos objetivos e resultados melhores em qualquer aspecto da vida. Vale a pena tentar. 

E você, já iniciou uma mudança de vida? Conte para a gente quais são os seus planos!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]