[the_ad_group id="16403"]
Gravidez Semana a Semana

Saiba qual a importância da consulta pré-natal para a gestação

Por Redação Doutíssima 10/06/2013

A chave para uma gestação saudável é cuidar bem da própria saúde. Para conseguir isso é indispensável a assistência pré-natal, através da qual o profissional de saúde avalia as condições da mamãe, indica os melhores caminhos a seguir e alerta sobre possíveis riscos.

pre-natal-doutissima-istock-getty-images

Acompanhamento é fundamental para diminuir a possibilidade de complicações. Foto: iStock, Getty Images

Por que eu preciso de cuidados pré-natal?

O acompanhamento durante a gestação é muito importante para ajudar mulheres a reduzir riscos associados – como sinais de trabalho de parto prematuro, por exemplo. Fazê-lo também é fundamental para diminuir a possibilidade de complicações relacionadas, como anemia, pré-eclâmpsia, diabetes gestacional ou problemas de desenvolvimento do bebê no útero.

Acredita-se também que bebês cujas mães não receberam assistência durante a gestação são três vezes mais propensos a nascer com baixo peso. Recebendo assistência pré-natal, as grávidas conseguem obter conselhos e informações sobre nutrição e exercício físico para uma gestação saudável, diminuindo as chances disso acontecer.

Com esses cuidados também será possível controlar problemas pré-existentes e obter aconselhamento sobre o porquê é preciso se abster de substâncias como drogas e álcool. Você ainda terá certeza que o bebê está crescendo e se desenvolvendo de forma adequada.

É também uma excelente oportunidade para questionar os médicos sobre eventuais dúvidas que surjam ao longo da gestação. Quem já tem experiência talvez não tenha essa necessidade, mas isso é importante, especialmente para os pais que são marinheiros de primeira viagem.

Pré-natal pode reduzir riscos

As mulheres que suspeitam estar grávidas devem marcar uma visita ao médico para iniciar o acompanhamento. As consultas pré-natais incluem exame físico, verificação de peso e amostra de urina. Dependendo do estágio da gravidez, é possível que o médico ainda peça exames de sangue e imagem, como ultrassom.

Nessas visitas ao médico você será informada sobre várias complicações possíveis durante o processo de gestação e outras questões importantes. Confira algumas delas:

  • Complicações na gestação

Dieta saudável, exercícios regulares e evitar exposição a substâncias nocivas como chumbo e radiação são atitudes capazes de reduzir os riscos de problemas durante a gravidez e garantir a saúde e o desenvolvimento da criança. Além disso, é importante controlar problemas médicos pré-existentes – pressão alta e diabetes, por exemplo.

  • Complicações com a saúde do bebê

Fumo e álcool durante a gravidez são conhecidos como fatores que aumentam os riscos de síndrome da morte súbita infantil. O consumo de álcool ainda potencializa os perigos de outros problemas como características faciais anormais, falta de coordenação e memória, deficiência intelectual e problemas em coração, rins e ossos.

Segundo um estudo publicado na revista Alcoholism: Clinical and Experimental Research, mesmo a exposição a baixos níveis de álcool durante a gestação pode aumentar a incidência desses problemas.

  • Tipo de parto

A forma como será feita o parto depende muito das condições que são vistas durante o acompanhamento da gestação. Suas visitas pré-natais oferecem uma excelente oportunidade para discutir sobre procedimentos, cenários possíveis e preocupações específicas da mamãe.

Esclareça com o médico todas as dúvidas que você tiver a esse respeito – nenhuma delas é irrelevante porque resolvê-las deixará você mais tranquila para curtir esse período.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]