Beleza > Homens

Gravata, terno e camisa: aprenda como combinar as cores

Por 19/07/2013

Em um evento importante e no ambiente corporativo, a expressão “a primeira impressão é a que fica” se torna realidade. Por isso, ao vestir um dress code formal, é extremamente importante que o homem saiba combinar de forma correta o uso da gravata, do terno e da camisa, considerando os materiais e as cores.

Uma dica básica em relação ao código de vestimenta é: a cor da gravata não precisa necessariamente combinar com as das outras roupas. Mas, na dúvida, prefira alinhar a tonalidade do terno com a da gravata e criar um contraste com a camisa. Assim, a aparência fica mais polida.

Gravata: como escolher?

Na hora de escolher a gravata ideal, é importante considerar o nível de formalidade da ocasião. Os modelos lisos, com estampa padrão e tonalidades escuras são ideais para garantir um ar mais sério. As gravatas com listras na diagonal também cumprem bem com esse propósito.

Por outro lado, os homens que seguem uma linha de estilo mais moderna e ousada, têm a opção de investir em gravatas em tonalidades mais fortes e chamativas. Cores como rosa pink, verde, azul marinho e vermelho são alternativas. Se a ocasião permitir, também é possível apostar em estampas inusitadas.

Mas não é apenas o seu estilo que deve ter influência sobre a escolha da peça. É importante manter alguns cuidados também. Por exemplo: a gravata escolhida nunca deve ser mais clara que do que a camisa. Os tons discretos e que seguem na linha pastel sempre caem bem com camisas brancas.

Quem optar por uma camisa estampada, xadrez ou com listras, deve ter atenção ao combinar a peça com a gravata. Neste caso, é preferível equilibrar a composição com uma gravata mais lisa e em tonalidade sóbria. Escolha qual das peças será o destaque do visual.

Uma boa aposta para quem gosta de usar cores mais chamativas de gravatas, como bordô ou castanho, a dica é investir em uma camisa azul. Ela equilibra bem desde os tons mais discretos até os mais chamativos. Em relação aos ternos, as cores tradicionais, como preto e azul marinho, também aceitam diferentes cores de gravata.

Nem todas essas dicas sobre como combinar terno, camisa e gravata são definitivas. Às vezes, vale a pena ousar e experimentar outras formas de combinação. O que deve prevalecer, em qualquer ocasião, é o bom-senso. Não utilize, por exemplo, uma gravata “engraçada” ou com desenhos infantis em um evento de gala.

Gravata: quando usar e quando não usar?

Para definir quando a gravata é indispensável, é importante considerar cada evento particularmente. Sempre que houver uma reunião com empresas que adotem traje formal, a peça é obrigatória. O mesmo serve para conferências ou eventos em que você tiver alta visibilidade ou que tenham esse dress code definido.

A gravata é dispensável em ambientes mais despojados, com menor nível de seriedade. Interações e eventos com códigos menos restritos ou entrevistas de emprego que não sejam para cargos executivos. Por isso, sempre vale a pena avaliar a ocasião em primeiro plano, para então definir a roupa.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros