[the_ad_group id="16403"]
Esporte

Veja 8 dicas de esporte para crianças e incentive seu filho

Por Redação Doutíssima 20/08/2014

Esporte para crianças é algo que deve ser influenciado. As atividades são ótimas para que elas se exercitem, socializem e compreendam os conceitos de disciplina. Só é preciso ficar atento a qual atividade é a mais recomendada para cada idade.

Crianças pequenas, além de realizar exercícios em menor quantidade durante a semana, não têm total controle dos seus corpos para fazer algo que exija uma maior coordenação motora. Já os mais velhos devem praticar esportes em grupo.

esporte-para-crianças

Natação fortalece os músculos, melhora a respiração e a coordenação motora. Foto: Shutterstock

Esporte para crianças: os mais indicados

1. Natação: Esse esporte para crianças é perfeito para os pequeninos que possuem entre um e cinco anos de idade. As aulas devem ser feitas sempre com o auxilio da mãe ou de algum profissional. A atividade colabora no fortalecimento muscular, melhora a respiração e a coordenação motora.

2. Bicicleta: Pode começar com uma motoca, evoluir para um triciclo e por fim a bicicleta. Cada um tem a sua faixa de idade. Mas o principal é que ocorra essa evolução. A motoca já é bastante usada por volta dos dois anos de idade. Esse é um dos esporte para crianças mais comuns.

3. Kung-Fu: Crianças com seis anos já podem começar a ter aulas de kung-fu. Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, a técnica não induz o jovem a brigar. Quem pratica essa arte marcial tem mais respeito, disciplina e ainda pode aprender mais sobre o equilíbrio e alongamento.

4. Judô: Outra arte marcial que enfrenta o estigma de ser violenta. Também pode ser praticada por jovens de seis anos. É ótima para crianças hiperativas, pois ensina a ter autocontrole, disciplina e a esperar.

5. Jiu-Jitsu: Mais uma arte marcial. Os jovens já podem iniciar a praticar com cerca de cinco anos. A coordenação motora e hábitos alimentares saudáveis são alguns dos detalhes que esse esporte pode ensinar.

6. Futebol, handebol, vôlei e basquete: Todos esses são ótimos exemplos de esporte para crianças com cerca de sete anos de idade . Além de toda a questão social que o esporte em equipe ajuda a desenvolver, também exigem uma coordenação motora que os jovens dessa idade já possuem. A prática e o treino apenas aprimoram. O espírito competitivo, a questão da derrota e vários outros elementos que são fundamentais na construção da criança estão inseridos ao longo destes quatro esportes.

7. Tênis: Jovens na faixa dos nove anos, que possuem autocontrole e são perfeccionistas, podem encontrar uma grande diversão no tênis – ou ainda em esportes ligados as artes marciais, caso já não os pratiquem desde cedo.

8. Rugby: A versão mais “real” do futebol americano é uma opção para jovens com dez anos e que possuam bastante massa muscular. Por se tratar de um esporte de contato, o ideal é que a crianças com menos de dez anos não se envolva com o rugby.

Escolha o esporte para crianças com ajuda do professor

Em casos de dúvidas quanto a qual esporte o seu filho deve praticar, consulte a opinião profissional de seu professor de educação física. Ele poderá orientar melhor sobre as virtudes da criança. Ficou claro que esporte para crianças é algo importante e necessário, né? Não são apenas os adultos que precisam se exercitar regularmente.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]