Guia do Sexo Anal

Excitação anal: é possível ter prazer?

Por Redação Doutíssima 01/11/2014

Muitas pessoas associam o sexo anal com a homossexualidade, mas na verdade esta é uma forma de sexo prazerosa para homens e mulheres, independente da orientação sexual. A estimulação do ânus pode satisfazer e levar ao orgasmo – desde que feita da maneira correta -, devido à grande quantidade de terminações nervosas no local.

Geralmente, ela é associada a dor e ao desconforto, mas a realidade pode ser muito diferente. Para os homens, o prazer é ainda mais intenso. Se você ainda não está convencido, siga a leitura e descubra por que essa pode ser uma experiência maravilhosa.

anal

O sexo anal, quando praticado de maneira correta, é prazeroso. Foto: iStock, Getty Images

Como funciona o prazer anal

O prazer anal não se compara ao prazer vaginal, já que não funciona da mesma maneira. Mas isso não quer dizer que ele é menos prazeroso. A primeira coisa que se deve levar em conta para entender o sexo pelo ânus é que, para ele acontecer, é preciso estar em um estado de total relaxamento e em um grau máximo de excitação.

Mas por que isso é importante? Quando se inicia a penetração ou até mesmo a masturbação, o corpo já estará mais sensível a qualquer tipo de estímulo, o que contribui para que a musculatura do ânus não fique tensa e se expanda com mais facilidade.

Prazer anal: tem diferença?

Homens e mulheres podem ter experiências diferentes com o sexo anal. Enquanto as mulheres se beneficiam por esses estímulos recebidos através dos músculos do ânus, o que pode provocar um prazer intenso e até um orgasmo, os homens sentem algo ainda mais prazeroso, já que há estímulos em dobro – dos músculos e da próstata, uma glândula localizada no osso púbico do homem e rodeada por músculos pélvicos.

Durante um orgasmo o homem ejacula um fluido, que é composto de 5% de espermatozoides e 95% do fluido da próstata. Essa pequena glândula, que é do tamanho de um ovo de codorna e é conhecida como o ponto G masculino, só é sentida quando o homem está prestes a ejacular, já que, quanto mais fluidos ela possui, mais inchada fica. Quando este local é estimulado, há uma explosão de clímax.

O segredo do prazer anal

Devemos concordar que nem todas as experiências de sexo anal são positivas. Para que ele seja bom, é necessário algum tipo de preparação, tempo certo e movimento correto. A primeira coisa a ser feita é esquecer tudo o que você já viu sobre este tipo de sexo nos filmes eróticos, pois na realidade é muito diferente.

É necessário paciência, excitação e muito lubrificante, para que não haja nenhum tipo de dor ou desconforto durante a relação.

Além disso, o movimento deve ser suave e constante, ao contrário do que muita gente faz. Outra coisa importante quando se trata de sexo anal é que a pessoa passiva é sempre quem deve dominar a situação e comandar todas as ações, já que isso pode ajudar a acabar com a tensão e contribuir na busca de uma melhor sensação de prazer.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros