Guia do Sexo Anal

Massagem anal: adote essa prática nas preliminares

Por Redação Doutíssima 06/11/2014

Antes de você e seu amado se aventurarem pelo universo no sexo anal, vocês podem começar com uma gostosa e estimulante massagem anal. Além de proporcionar prazer, massagear a região do ânus é uma boa maneira de a mulher ir se acostumando com ideia de uma penetração no ânus. Converse com seu parceiro sobre o assunto e descubram juntos uma nova fonte de prazer.

massagem anal

Massagem ajuda a mulher a relaxar antes de uma relação sexual. Foto: iStock, Getty Images

O prazer da massagem anal

A pele é o maior órgão do corpo humano e, em muitos locais, sua sensibilidade ao toque é muito grande. Por esse motivo que gostamos tanto de massagens. Já a região do ânus é cheia de terminações nervosas que, quando estimuladas, são capazes de proporcionar sensações maravilhosas e quase inexplicáveis.

É pos isso que, quando a mulher recebe uma massagem anal bem feita e com carinho, consegue criar mais cumplicidade e intimidade com o parceiro.

Como fazer uma massagem anal

Os preparativos

O primeiro passo para uma massagem anal gostosa é o casal estar bem entrosado. Depois disso, vocês só precisam de uma cama, óleo de massagem, gel lubrificante e uma boa dose de criatividade. Além disso, a língua é um excelente estimulante e ajuda na conquista do prazer.

Iniciando os trabalhos

Peça para seu gato começar fazendo uma relaxante massagem em todo o seu corpo nu. Ele deve espalhar óleo por todas as partes e acariciar cada cantinho possível. Quando ele chegar na área das coxas peça para ele ficar alguns minutos acariciando, apertado e lambendo a parte interna da perna – vale a pena, essa é uma região muito erógena.

Perdendo um tempinho

Depois de ficar alguns minutos nas suas pernas e coxas, seu gato pode chegar na sua vagina. Por mais que o objetivo final de todas essas carícias seja uma massagem anal, receber um gostoso sexo oral faz parte. Então, não perca tempo e induza seu gato a ficar alguns minutinhos brincando ali.

Chegando lá

Depois de uns minutinhos de sexo oral, seu gato pode estimular o seu períneo, que é a área entre a vagina e o ânus e que é extremamente erógena, e assim, você começa a sentir que está na hora da massagem anal de verdade. Uma boa e bem feita massagem erótica tranquiliza e prepara a mulher para receber as carícias no ânus, que podem envolver a penetração com os dedos do parceiro.

Os “finalmentes”

Depois dessa gostosa massagem erótica pelo seu corpo, seu gato chegará no seu bumbum. Ele deve apertar e abrir suas nádegas delicadamente. Depois, o ideal é que ele comece a fazer, com os dedos, uma massagem em volta do seu ânus.

Em seguida, ele deve pressionar seu ânus com um dedo apenas e espalhar uma boa quantidade de gel lubrificante para daí colocar um ou dois dedos no seu ânus. É nesse momento que você começa a guiar a situação para que não sinta dor ou se machuque. Para finalizar esse momento delicioso de massagem anal e erótica, você e seu gato podem encerrar a noite, ou o dia, com uma bela transa.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros