Guia do Sexo Anal

Gel anestésico pode diminuir a dor do sexo anal

Por Redação Doutíssima 04/11/2014

Sentir muita dor é uma das maiores preocupações para as mulheres que praticam ou pretendem praticar o sexo anal. Mesmo com o uso de lubrificantes íntimos, o ânus, que possui uma musculatura feita para expelir, sofre um certo desconforto com a penetração, pelo menos nas primeiras vezes em que o casal pratica a modalidade. Para driblar as dores, o mercado surgiu com uma solução: um gel anestésico específico para relações sexuais anais, que vem em diversas formas e tamanhos.

gel anestésico

Gel anestésico ajuda a diminuir a dor durante o sexo anal. Foto: iStock, Getty Images

Como funciona o gel anestésico

Ele funciona assim como uma injeção anestésica local, retirando a sensibilidade, porém é mais simples e prático, por ser em formato de gel. Para que ainda se sinta o prazer da penetração, o gel para sexo anal que está a venda em sex shops leva doses pequenas de substâncias anestésicas. Além de ajudar no psicológico feminino, esse produto de fato proporciona uma experiência sem dor ou desconforto.

O gel anestésico é feito à base de componentes extraídos da natureza e, além de sua função anestésica, possui ação antibactericida, germicida, cicatrizante e desodorizante. Esses efeitos adicionais combatem as bactérias presentes nas genitais ou restos de resíduos que o ânus possa ter.

Também colaboram para a cicatrização das possíveis fissuras, que podem ser causadas na pele durante a penetração, e proporciona odor agradável. Seu efeito se dá dois minutos depois da aplicação.

Modo de usar o gel anestésico

Antes de usar o gel anestésico para sexo anal, é importante que ambos estejam à vontade com a situação. Se for a primeira vez da mulher, ela deve ser bem estimulada antes da relação anal. Invista na penetração vaginal e no sexo oral.

Se ela tiver um orgasmo, estará mais relaxada e pronta. A posição também deve ser favorável. A mais confortável para uma iniciante é a de conchinha. Permita que ela tenha total controle sobre a situação.

O uso da camisinha é indispensável no sexo anal para que doenças sexualmente transmissíveis sejam evitadas. Depois de colocá-la, o homem deve passar um pouco do gel anestésico em seu dedo. Em seguida aplique ao redor do ânus feminino, espalhando bem.

Passe mais um pouco no dedo e agora aplique na região interna do ânus. Insira o dedo gentilmente e faça movimentos circulares, para que os músculos iniciem o relaxamento. Não exagere no gel, ou o prazer também será anulado pelo anestésico.

Passados dois minutos após a aplicação, insira o dedo novamente e pergunte para a sua parceira se o gel fez o efeito esperado. Assim que isso acontecer, a penetração pode começar. O ritmo e a profundidade devem ser decididos pelo casal. A penetração ainda pode ser facilitada com o uso de lubrificantes íntimos. Lembrem-se de trocar o preservativo antes de migrar da penetração anal para vaginal.

Contraindicação

Alguns especialistas não recomendam o uso do gel analgésico para o sexo anal, mesmo que ele suspenda o desconforto da mulher. A preocupação é que a falta de sensibilidade da mulher acarrete em feridas mais graves na pele – que ela nem irá sentir na hora -, que podem inflamar com o passar dos dias. A recomendação deles é o uso de lubrificantes e a prática regular do sexo anal, que fará a dor diminuir com o tempo.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros