Zen

O que é astrologia: entenda o que estuda essa ciência

Por Redação Doutíssima 11/11/2014

Perguntando-se sobre o porquê dos acontecimentos no dia a dia acontecerem da forma que ocorriam, e buscando um sentido para as coisas que se sucediam aparentemente sem razão, sacerdotes da antiguidade dedicaram-se a buscar no místico essas respostas.

Ao observar os planetas, os astros e o céu, e indagarem-se como eles podiam afetar a vida na Terra, os estudiosos descobriram então o que é astrologia, e como era possível escrever mapas e determinar previsões que indicariam a personalidade das pessoas e, até mesmo, o futuro.

o-que-astrologia

Influência do papel dos astros é levada a sério por muita gente. Foto: iStock, Getty Images

Afinal, o que é astrologia?

Considerada uma linguagem, pode-se explicar o que é astrologia através de um conjunto de ideias e crenças que determina os destinos e os caminhos das vidas das pessoas.

Fundamentada em uma ideologia que acredita que tudo no universo tem uma relação, essa ciência estuda como o movimento dos astros e suas posições podem gerar conhecimento sobre a história e o futuro de alguém.

Como para a astrologia tudo tem um propósito e uma razão para acontecer, o mapa astral – feito através da data, mês, ano, hora e local de nascimento – permite uma leitura geral sobre a vida das pessoas.

Horóscopo explica parte de o que é astrologia em divisões no céu

O horóscopo teve seus primeiros estudos datados do século 7 a.C., porém, o que conhecemos hoje, em relação a o que é astrologia, surgiu mais tarde, em 5 a.C., através do zodíaco e dos signos.

Na antiguidade, a partir de estudos de babilônios, egípcios, gregos e romanos, foram designadas 12 divisões no céu de acordo com pontos fixos e imagens de constelações.

Chamado de “grande cinturão celeste”, que marca a trajetória do Sol, as constelações pelas quais o astro rei passava simbolizariam um signo. São elas: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário Capricórnio, Aquário e Peixes.

Os povos da antiguidade ainda definiram um perfil para cada signo, de acordo com especificidades das estações do ano e outras particularidades pessoais.

Funcionando como um parâmetro para explicar a identidade e modo como as pessoas se comportam, o horóscopo explica um pouco de o que é astrologia através dos signos do zodíaco.

Além do signo solar, que são os mais conhecidos (parte do “cinturão celeste”), existem também os ascendentes (que estavam surgindo no momento do nascimento), os lunares (que têm relação com a parte sentimental de cada um) e vários outros, que podem ser traduzidos em um mapa astral.

Saúde pode ter interferência da astrologia

Por ser uma ciência que estuda a personalidade humana de acordo com as posições celestes, a astrologia também determina funções relacionadas ao corpo. Alguns astrólogos relacionam a predisposição para algumas doenças a o que é astrologia dentro do campo da saúde.

Segundo alguns estudiosos, cada um dos signos estaria ligado a uma parte do corpo humano, dessa forma determinando suas funções temperamentais. De acordo com o temperamento e também o elemento que rege o signo (terra, fogo, água ou ar), pode ser feito um mapa astral que prevê as doenças possíveis de alguém desenvolver durante a vida na Terra.

 

 


Sites parceiros