Sexualidade

Orgasmos anais: saiba o que está por trás dessa forma de prazer

Por Redação Doutíssima 11/11/2014

Um dos maiores tabus em torno da vida sexual está relacionado à prática do sexo anal. É comum que as mulheres se sintam desconfortáveis ao pensar no assunto, esquecendo-se assim que é possível atingir vários orgasmos anais.

Chegar aos orgasmos anais exige paciência

O primeiro passo para desfrutar dessa prática prazerosa é entender que o sexo anal pode ser muito bom – mas não é sexo rápido. Não é possível fazê-lo de forma satisfatória rapidamente.

orgasmos-anais

É possível chegar ao clímax até mesmo com o misterioso sexo anal. Foto: iStock, Getty Images

Para chegar aos orgasmos anais, o casal precisa ter paciência, tempo e dedicação. Tudo isso é importante para que a penetração dê prazer e que a pessoa penetrada consiga chegar ao orgasmo. Por isso, é fundamental ter calma para eliminar a tensão da primeira vez.

Além disso, uma das formas de ajudar a sua parceira a ter orgasmos anais é não esquecer das zonas erógenas femininas. A ideia desses toques e carinhos múltiplos é fazer com que haja um aumento da excitação que fará com que o ânus dilate e fique pronto para ser penetrado.

Mesmo com o ânus dilatado, é importante não abrir mão do uso do lubrificante à base de água. Como essa região do corpo não é capaz de se lubrificar sozinha, ao contrário da vagina, o lubrificante será parceiro do casal na hora do sexo anal.

Prazer total com os orgasmos anais

É fundamental ainda que, para que o sexo anal seja prazeroso e sem dor, a penetração comece de forma devagar. O homem deve introduzir apenas a cabeça do pênis e esperar que a mulher sinta-se confortável. Isso quebrará a tensão inicial e vai ajudar ela a relaxar.

Somente passado esse momento inicial é que é chegada a hora de dar início à penetração, que vai garantir os orgasmos anais. Siga introduzindo pouco a pouco o pênis enquanto ambos desfrutam das sensações que este tipo de penetração gera, e não deixe de lado os toques e carinhos.

A penetração, quando feita de forma calma e carinhosa, gera uma troca mútua: para ela será algo diferente e delicioso, enquanto o homem fica ainda mais excitado por conseguir realizar essa fantasia sexual.

No momento em que ambos estiverem prontos e confortáveis, é possível buscar orgasmos anais por meio de movimentos mais rápidos. Mas não esqueça nunca dos pontos erógenos do corpo dela, que devem ser estimulados sempre.

E por fim, não hesite em usar brinquedos sexuais, como os vibradores ou consolos para aumentar o prazer. A penetração anal permite a masturbação, a estimulação do clitóris ou até mesmo a dupla penetração nela com um vibrador, o que tem tudo para resultar em um orgasmo intenso para os dois.

 

 


Sites parceiros