Clínica Geral

Previna as doenças mais comuns do verão

Por Redação Doutíssima 28/02/2015

Para muita gente, o verão é a estação da alegria, vem com praia, Carnaval, roupas confortáveis, sol. Mas junto com a estação quente, também vêm desconfortáveis ameaças. Por isso, preparamos este artigo, com as doenças mais comuns do verão.

 

Para evitar as doenças mais comuns da estação, a dica geral é beber muito líquido, usar roupas leves, não expor-se excessivamente ao sol, dar preferência a locais arejados e com sombra, lavar sempre as mãos, e separar coisas de uso pessoal.

 

doencas mais comuns

Desidratação e candidíase são doenças comuns em períodos mais quentes do ano. Foto: iStock, Getty Images

Sobre as doenças mais comuns da estação

 

Para saber como lidar com estas patologias que nos pegam de surpresa no calor da estação, preparamos este artigo com algumas informações sobre as doenças mais comuns do verão.

 

1. Desidratação

 

Perda excessiva de líquido e consumo de alimento estragado podem resultar em diarreia. Os sintomas dessa doença que ataca principalmente crianças e idosos, inclui ainda dores abdominais, boca seca e menor frequência de urina.

 

O tratamento é feito com soro de reidratação oral, ou, em casos mais graves, internação. A prevenção deve ser feita com a ingestão de bastante água, chá ou sucos. Deve-se usar roupas leves e evitar agitação excessiva nas horas mais quentes.

 

2. Intoxicação alimentar

 

Das doenças mais comuns do verão, a intoxicação alimentar é uma das que mais judia. Ocorre ao comer alimentos mal cozidos ou molho de maionese, por exemplo.

 

Os sintomas incluem mal-estar, diarreia, enjoo, vômitos, desidratação aguda. Para prevenir, consuma alimentos frescos, verduras, frutas, legumes e tenha cuidado na escolha de restaurantes e validade dos alimentos. O tratamento inclui uma dieta leve, mas pode ser necessária internação hospitalar.

 

Doenças mais comuns de pele

 

Também separamos algumas doenças de pele que são comuns no verão.

 

1. Insolação

 

Ocorre quando se toma sol em horários não aconselháveis, entre 10h e 16h. Este descuido pode levar ainda ao câncer de pele.

 

Os sintomas da insolação incluem falta de ar, dor de cabeça, mal-estar, febre e possível desidratação, ardor e queimaduras de pele. A prevenção inclui evitar o horário de pico da radiação solar, uso de proteção adequada e muita hidratação.

 

2. Micoses

 

Estão entre as doenças mais comuns causadas pelo calor da estação. Micoses são lesões da pele causadas por fungos, que resultam em coceira, vermelhidão, bolhas e alterações de pele.

 

Para evitar, não frequente por tempo prolongado locais com água parada e muita gente, evite permanecer com roupa molhada e usar tênis por muito tempo.

 

Doenças ginecológicas no verão

 

Outro problema das épocas quentes é a ocorrência de doenças ginecológicas.

 

1. Candidíase

 

A cândida é um fungo da flora vaginal. Com o calor e a umidade (muitas mulheres usam um biquíni durante um dia inteiro, por exemplo), estes fungos se proliferam e causam infecção, com coceira e ardência vaginal, dor ao urinar e corrimento branco grumoso.

 

2. Tricomoníase

 

A tricomoníase é uma infecção do colo uterino, vagina ou na uretra, transmitida principalmente pela relação sexual e favorecida no verão pela constante mudança da flora vaginal na estação. Corrimento amarelo, coceira na região genital, dor pélvica e ardência ao urinar são alguns dos sintomas.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros