Você já pensou em fazer meditação matinal? Saiba que ela ajuda ajuda a aliviar a ansiedade e os sintomas de depressão. Quem afirma isso não é nenhum guru da moda, mas pesquisadores da Universidade Johns Hopkins nos Estados Unidos.

 

A prática da meditação matinal, usada por celebridades, como Gisele Bündchen, ganha um aval científico e seus benefícios podem ser usufruídos por qualquer pessoa.

meditacao matinal
Meditar pela manhã pode ser uma alternativa para aliviar o estresse da rotina. Foto: iStock, Getty Images

Por que a meditação matinal é benéfica?

O estudo realizado foi a análise de 47 pesquisas que envolveram 3.515 participantes. Os resultados, publicados em 2014 no Journal of the American Medical Association (JAMA), mostraram que a prática diminui as consequências negativas do estresse psicológico.

Se praticada 30 minutos na parte da manhã, a meditação matinal pode afastar os sintomas da depressão, dores crônicas e até ansiedade.

 

Os estudos mostraram que a meditação matinal melhora a concentração, o sistema imunológico, cardiovascular, alivia a dor, ajuda a reduzir a insônia e reduz o estresse.

Obviamente, os resultados vão depender do grau de comprometimento de saúde da pessoa. Para os que sofrem de formas mais graves dessas doenças e distúrbios, os métodos devem ser outros.

Por que meditar de manhã?

Simplesmente, essa é a melhor forma de começar o dia. Veja como fica a sua rotina naqueles em que você acorda numa correria louca porque o relógio não despertou. Ou mesmo de mau humor, sem a mínima motivação.

Agora, compare com aqueles dias em que algo bacana te espera e você acorda com a expectativa lá em cima, de bem com a vida e sorrindo.

Os sentimentos da manhã regem os caminhos diários. Buscar a meditação matinal é como carregar seu dia com uma dose de boas energias. Os primeiros minutos das 24 horas fazem diferença para os outros seguintes. Portanto, use-os a seu favor.

Como fazer a meditação matinal

Existem várias maneira de fazer meditação. Algumas obedecem aquele ritual de sentar no chão, de pernas cruzadas e controlar a respiração. Métodos mais complexos exigem cursos especializados para aproveitar todo o potencial dessa técnica milenar.

Porém, se você está disposto a começar de uma maneira mais simples, pode iniciar a meditação já na cama. É lá que você, ao acordar, vai se espichar e sentir cada músculo do seu corpo acordando. Preste atenção a esses movimentos. Sinta-se, observe, toque-se suavemente e ative os músculos aos poucos.

Seu cérebro também precisa acordar. Respire fundo. Sente na cama. Pense em momentos bons e positivos que você quer que estejam presentes no seu dia. Abra a janela e deixe que a luz natural entre no local em que você pretende meditar. Aproveite a luz do sol para receber a energia necessária por alguns minutos.

Respire profundamente e, diante da luz natural, agradeça o que você já tem na vida, sinta a energia te envolvendo e, logo depois, faça silêncio por alguns instantes. Depois, sorria e, aos poucos, construa sua manhã com desejum saudável e um banho relaxante. Dessa forma, você já pode se preparar para realmente ter o que todos te desejarão: um bom dia.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


DEIXE UMA RESPOSTA