[the_ad_group id="16401"]
Moda

Roupas para trabalhar: saiba o que evitar no look profissional

Por Redação Doutíssima 27/07/2015

No ambiente corporativo, ser competente não basta para preservar a autoimagem. Acredite: as roupas para trabalhar podem fazer mais diferença em sua postura e na sua relação com a empresa do que você imagina. O dress code, ou código de vestimenta empresarial, é cada vez mais valorizado pelas companhias.

“O ditado ‘a primeira impressão é a que fica’ também vale para o espaço corporativo”, afirma Renata Mello, economista e consultora de imagem. “Se você é um profissional competente, sua vestimenta também precisa transmitir essa mensagem”, complementa. É por isso que roupas para trabalhar adequadas podem ser, inclusive, um diferencial.

Segundo Renata, ao comparecer ao trabalho com a roupa adequada, você ficará mais confiante, tanto em relação aos colegas, quanto a si próprio. “O profissional que está bem vestido sempre estará pronto para uma reunião importante ou para receber um cliente de última hora. Assim, seguir o dress code evita imprevistos”, enfatiza.

roupas para trabalhar

É preciso cuidado e bom gosto na hora de escolher as roupas para trabalhar. Foto: iStock, Getty Images

 

Roupas para trabalhar: saiba o que evitar

Diante da importância da escolher as roupas para trabalhar adequadas, é imprescindível tomar alguns cuidados em relação ao visual no escritório. “Cada instituição tem suas regras. Ambientes mais formais pedem roupas clássicas e elegantes. Já nos espaços informais de trabalho, é possível investir em um estilo despojado”, lembra Renata.

Mas, de forma alguma, opte por roupas desleixadas no estilo homewear – ou seja, ideais para vestir em casa. Outros cuidados essenciais se referem às manchas, dobras e amassados.

“Roupas manchadas sempre parecem desleixo, até mesmo aquelas peças estilosas propositalmente ‘detonadas’ podem transmitir essa impressão. O ideal é guardá-las para o fim de semana”, orienta a consultora. “As roupas com aspecto velho também não são uma boa escolha”, acrescenta.

Segundo ela, é sempre importante lembrar que um profissional bem vestido transmite uma imagem. Por isso, evite peças vulgares, decotes profundos e vestidos ou saias com comprimento curto demais. “Através das roupas para trabalhar, o profissional deve demonstrar respeito pela empresa que representa e, claro, respeito por ele mesmo”, pontua Renata.

“Roupas muito justas e fendas profundas podem valorizar seu tipo físico, mas não valorizam a competência técnica”, relembra a expert.

Opções inteligentes de roupas para trabalhar

Afinal, como acertar na escolha das roupas para trabalhar? Renata conta com algumas dicas. “Para acertar na escolha, não é preciso gastar fortunas, é necessário saber comprar”, destaca.

“Escolher cores e modelos que valorizem a imagem pessoal é o primeiro passo. Se optar por um look mais clássico, aposte em algum acessório mais colorido. Para as mulheres, uma sapato, um colar ou pulseira já dão um toque de estilo no visual”, garante a consultora de imagem.

Para os homens, a especialista também conta com alguns truques que podem ser compartilhados. “ Dependendo do estilo da empresa, cores claras de camisa sempre são um curinga para quem quer acertar. Gravatas com cores fortes ficam perfeitas com camisas claras”, sugere.

Renata conclui reafirmando a importância do dress code. “Infelizmente, muitas pessoas nos julgam pela aparência e, querendo ou não, estar bem vestido facilita as relações interpessoais e pode ajudar a pessoa a se destacar dentro e fora da empresa”, finaliza.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]