[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Campanha de vacinação contra a pólio inicia neste sábado

Por Redação Doutíssima 13/08/2015

No próximo sábado, dia 15 de agosto, começa mais uma vez a campanha de vacinação contra a poliomielite promovida pelo Ministério da Saúde. A imunização contra a doença conhecida como paralisia infantil é feita através de gotinhas.

 

Crianças entre 6 meses e 5 anos são o alvo dessa campanha de vacinação. A estratégia de conscientização e imunização adotada pelo governo permitiu que o país ficasse livre da pólio desde 1990, um caso de sucesso reconhecido mundialmente.

 

Além da imunização contra a poliomielite, o Ministério da Saúde também utiliza essa campanha para verificar se as crianças estão com todas as vacinas em dia. A partir da identificação do atraso no calendário de vacinação, agentes de saúde poderão agendar a administração de doses preventivas contra outras doenças.

campanha de vacinação - Agência Brasil

Campanha contra a poliomielite pretende imunizar 12,7 milhões de crianças. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O órgão federal estima vacinar 12,7 milhões de crianças durante o período da campanha, que vai até o final do mês de agosto. Mesmo os pequenos que fazem parte do grupo alvo e que estejam com tosse, gripe, rinite, coriza ou diarreia devem ser imunizados. Em casos mais graves, como infecções e febre alta, um médico deve ser consultado para recomendar ou não a vacina.

 

Campanha de vacinação contra a paralisia infantil

A poliomelite é uma doença sem cura que não leva ao óbito na maioria dos casos, mas causa paralisia no organismo. Altamente contagiosa, a infecção do vírus se dá por via oral através do contato com fezes ou fluidos corporais infectados.

 

O Ministério da Saúde garante que a gotinha contra a poliomielite é extremamente segura e que imuniza contra os três tipos do vírus. Pais e cuidadores de crianças entre 6 meses e 5 anos devem comparecer a posto de saúde entre os próximos dias 15 e 31 com documento e carteira de vacinação dos pequenos.

 

Entenda mais sobre a pólio 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a poliomielite é uma doença que normalmente acomete crianças abaixo de 5 anos. É possível que um adulto seja infectado, mas os casos são menos comuns.

 

Em 1988, 125 países sofriam com a epidemia da doença. Hoje, apenas Afeganistão, Nigéria e Paquistão ainda não têm controle sobre o vírus, representando uma diminuição de 99% dos casos.

 

Apenas uma a cada 200 infecções de pólio levam à paralisia irreversível. Desses, entre 5 a 10% dos casos vão a óbito quando os músculos respiratórios ficam comprometidos.

 

Apesar do Brasil estar livre da doença, a higiene é um dos fatores chave para a prevenção de vários problemas de saúde. Falta de saneamento básico e a contaminação de objetos, ambientes, pessoas e animais aumentam muito as chances de doenças.

 

É importante ensinar as crianças a lavar bem as mãos antes de mexer com alimentos, de comer e depois de ir ao banheiro. Também deve-se tomar cuidado com a qualidade da água que é consumida e se é limpa.

 

Utensílios de cozinha e de uso pessoal também merecem atenção quanto à higienização. A prevenção é a melhor estratégia para manter a saúde em dia.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]