Moda

Moda evangélica: veja como aderir ao estilo mais recatado

Por Redação Doutíssima 21/08/2015

A religião inspira pessoas de diversas formas, inclusive em relação ao vestuário. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados em 2012, o número de evangélicos aumentou em cerca de 61%, nos últimos dez anos. Nada mais natural, então, que a moda evangélica também ganhe mais adeptos.

O modo de se vestir de cada pessoa diz muito sobre sua personalidade. O estilo está diretamente relacionado ao gosto e às crenças individuais, que são aspectos pessoais. Mas mesmo as pessoas que não seguem uma religião específica têm a possibilidade de aderir à moda evangélica. Ela consiste em uma forma mais discreta de vestuário.

moda evangélica

Quem adere à moda evangélica evite transparências e decotes. Foto: Instagram, Reprodução

 

Saiba como apostar na moda evangélica

Para investir na moda evangélica, é necessário entender os seus princípios. Como sua vertente de inspiração está diretamente ligada à religião, ela traz algumas orientações: decotes, transparências, roupas sem mangas e minissaias não fazem parte do dress code.

Mas isso não significa que o estilo seja careta. Os vestidos e saias com comprimento na altura do joelho são peça-chave, que podem ganhar variações em relação aos bordados e brilhos. Vestidos e túnicas também devem ser utilizados, desde que não deixem os quadris ou os seios em evidência.

Os terninhos e blazers são igualmente adorados pelas adeptas da moda evangélica, pois deixam o look bonito, sem ficar vulgar. Só não são permitidas as peças com fendas, recortes acentuados ou sapatos com salto alto exagerados. Para incrementar a produção, a dica é investir em lenços ou bolsas estilosas.

Quem prefere um estilo mais recatado pode tirar proveito do código de vestimenta evangélico. Ele nada mais é do que uma orientação para o uso de peças discretas, para quem prefere não deixar a pele e a silhueta nos holofotes. Por isso, se essa é a sua preferência, não tenha medo de investir na tendência.

 

Celebridades adeptas da moda evangélica

Especialmente na área da música, muitos famosos atraídos pelas canções gospel acabam se tornando referência em moda evangélica. A carioca Aline Barros é uma das principais referências. Ela já revelou que o estilo está diretamente ligado à elegância e, por isso, decotes e saias curtas são dispensáveis.

Para ela, o estilo evangélico é uma forma básica de vestimenta. Por isso, a cantora prefere os looks despojados, mas sem abrir mão de um acessório bonito ou uma bolsa mais incrementada. Fã de jaquetas, calças, camisetas brancas e tênis, ela é uma excelente fonte de inspiração para quem opta por adotar um visual neutro.

Várias cantoras que passaram a se dedicar à carreira gospel também decidiram repaginar totalmente o visual. Foi o caso das funkeiras Perlla e Stephani Absoluta, que abriram mão das minissaias e decotes para investir em produções menos chamativas, com camisas abotoadas até o pescoço, por exemplo.

A ex-vocalista da Banda Calypso, Joelma, também decidiu se dedicar integralmente à música evangélica, o que culminou em uma transformação visual. Ela abriu mão dos trajes colados e com a barriga de fora para adotar um estilo recatado.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros