Moda

Inspire-se no estilo do MC Gui e outros funkeiros famosos

Por Redação Doutíssima 09/10/2015

Desde que o funk superou o preconceito de “música de favela” e virou hit da classe média, o estilo simbólico de cantores do gênero começou a chamar cada vez mais atenção no cenário brasileiro. O famoso visual “ostentação”, de músicos como MC Gui e MC Guimê, jamais passa despercebido.

O estilista Alex Santos, responsável pelo projeto Periferia Inventando Moda e referência quando o assunto são tendências de periferia, acredita que a aparência dos MCs brasileiros conta com grandes influências do rap americano. “A característica mais marcante está na quantidade de acessórios de ouro”, revela.

MC-Gui-Fortissima-instagram

Visual do MC Gui tem inspirado o visual de pessoas de todas as idades. Foto: Instagram, Reprodução

 

MC Gui: saiba o que é febre no visual

Conforme aponta Alex, os complementos são indispensáveis no visual de cantores de funk, como MC Gui. “Relógios, colares e até brincos dourados, além de status, representam a melhora de vida e o quão importante o poder aquisitivo é para o cantor”, explica. É a tal “ostentação”.

Há, ainda, outros complementos notáveis. “Os bonés de aba quadrada, cheios de informação visual e o óculos de sol espelhado também fazem parte do look”, lembra o estilista. Em relação às roupas, as mais folgadas ganham espaço.

“As calças de moletom largas e as calças jeans branca são muito presentes. Camisetas com estampas descontraídas ou geométricas, com desenhos de dinheiro ou carros, tênis estampados, coloridos e largos também são característicos do visual dos funkeiros”, salienta.

Alguns MCs, segundo Alex, ainda conseguem fazer uma mistura entre o visual sério e despojado. “Por exemplo: usando calças largas e caídas com um blazer”, sugere. As camisetas e moletons de marca também não podem faltar. Para quem pensa em adotar um estilo semelhante, o especialista garante: todos podem se inspirar nesse look.

“Acredito que mais importante do que roupas de marca são os acessórios. Se o rapaz tiver um boné legal, dois ou três colares na cor dourada, um relógio bacana e um tênis todo de uma cor, a exemplo do vermelho, já vai estar arrasando”, confirma.

De acordo com Alex, o mais importante, acima de tudo, é respeitar o seu estilo pessoal. “É se vestir como você gosta, fazendo daquela inspiração a sua verdade”, pontua.

MC Gui e funkeiros são referência de moda

Não é somente o estilo dos homens MCs que atrai olhares quando o assunto é um visual ostentação. “Na onda do funk, podemos citar Anitta, Ludmilla e Valesca”, lembra Alex. “Acredito que cada uma segue seu estilo próprio”, acrescenta.

O estilista ressalta que Anitta abusa da sensualidade com peças mais justas, decotadas e curtas. Já Ludmilla fica na pegada mais street: muitos dos looks dela têm tênis, camisas amarradas e boné. A Valesca, por sua vez, representa a mudança de fase, da gostosa para a “bem vestida”, clássica e sexy.

“Além delas acredito que a sensação do momento é o Melanina Carioca, um grupo de hip hop brasileiro, que tem grande influência sobre a galera jovem, seja na música ou no estilo”, conclui Alex. Independente da referência, o fato é que o visual dos cantores da periferia ganha cada vez mais relevância no cenário fashion.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros