Moda

Homewear: saiba como investir na roupa para ficar em casa

Por Redação Doutíssima 14/10/2015

No dia a dia, em nome da moda, as roupas confortáveis acabam ficando em segundo plano. Depois de encarar horas em cima de um scarpin com jeans skinny, a sensação de chegar em casa e trocar de roupa é praticamente libertadora. Por isso, já há um segmento fashion destinado ao “look de casa”. É o homewear.

Em tradução literal, homewear significa “roupa de casa”. Ou seja, o termo pode ser utilizado para referenciar aquele conjunto de vestimentas destinadas ao fim de semana, que têm como função primordial fornecer comodidade. Mas isso não significa escolher um pijama velho: é possível aderir visual confortável, mantendo o estilo.

homewear-instagram-reproducao-doutissima

Estilo homewear tem como função primordial fornecer comodidade. Foto: Instagram, Reprodução

Dicas para aderir ao homewear

Se você deseja aderir à tendência do homewear, mas não sabe como elencar as roupas que fazem parte do estilo, vale a pena seguir algumas dicas. Veja algumas peças que podem ser incluídas no segmento:

 

1. Moletom

Clássico para aquele dia de ficar em casa, o moletom é praticamente o rei do homewear. Mas isso não significa que você precise optar justamente por aquele modelo velho e surrado. Há opções moderninhas, com estampas, desenhos e frases. Mas o mais importante é escolher uma modelagem leve, como o algodão, e um tamanho que não fique apertado.

 

2. Pijamas

Dentro do homewear, há espaço para um segmento exclusivo: o sleepwear. Se antes aquela camisola com rendas era liberada, agora não há desculpas para você não optar por uma alternativa mais moderna. Inclusive, o pijama é uma roupa de casa, e não uma vestimenta exclusiva para dormir.

Atualmente, há opções repletas de tendências modernas: calças em formato saruel, modelagens de macacão, batas com bolsos e camisas grandes com botões. As adeptas da camisola podem aderir aos modelos com toque acetinado, em seda ou crepe. Assim, elegância e conforto andam juntos.  

 

3. Malhas

Nada substitui as malhas em um dia de descanso. Para investir nelas, sem perder o apelo fashion no visual, a dica é optar pelos tecidos bem leves, como o algodão, plush ou a malha fina de bambu. Essas podem ser alternativas ideais para curtir o relaxamento, mas continuar bonita caso apareça uma visita inesperada.

 

4. Camisas, shorts e cardigãs

Os momentos para curtir o lar em família também demandam um look mais confortável. Até mesmo quem trabalha de casa precisa ter opções de roupas para usar durante o ofício. Por isso, é sempre bom separar t-shirts leves, shorts – não apertados – e um casaco fofinho, como o cardigã, para quebrar qualquer galho.

Homewear: sapatos, cabelo e maquiagem

Depois de escolher a roupa, é importante lembrar de adequar o homewear também ao resto do visual. Seguindo a linha da simplicidade, a premissa desse segmento, é possível apostar em um make mais discreto e suave. Um corretivo e uma máscara para cílios bastam para fazer a diferença na produção.

O cabelo também deve prezar pelo natural: uma trança, um coque despojado ou um rabo de cavalo são alternativas. Nos pés, opte por sandália, chinelo ou pantufa, para usufruir plenamente do conforto durante o seu descanso.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros