Motivação

Natal 2015: veja as tendências de decoração e como economizar

Por Redação Doutíssima 04/11/2015

Faltam poucos dias para a chegada do Natal 2015. Apesar da época ter como objetivo principal a comemoração do nascimento de Jesus Cristo, a tradição se mistura com a espera pela figura do Papai Noel e a troca de presentes entre familiares e amigos.

A cada ano, as tendências de decoração geralmente se concentram em variações de materiais e cores para árvores de Natal, guirlandas, pinhas, bonequinhos de neve e manjedouras. Confira abaixo dicas para enfeitar a casa e esperar a data especial sem gastar muito.

Natal-2015-doutissima-shutterstock

Decoração natalina deste ano abre espaço para itens metálicos e vintage. Foto: Instagram, Reprodução

 

Como economizar em decoração no Natal 2015

Para esse ano, a decoração vintage estará em alta com o uso de cartas escritas à mão no papel amarelado, jardins românticos, naturezas-mortas, penas e flores secas ou frescas.

O que não se perde do cenário natalino são os brilhos. Continue a apostar nos itens metálicos para decorar o ambiente à espera do Papai Noel. As luzes espalhadas pela casa e pela árvore ainda são sinônimo de renovação e de claridade.

Não fique presa ao tradicional vermelho e branco. Tons de prata, dourado, verde e até mesmo o azul podem fazer parte dos enfeites. Aliás, entre as tonalidades, o rosa promete ganhar espaço, assim como tem feito no mundo da moda. E é claro, tudo muito bem iluminado. 

 

Um dos artigos que sempre caem bem são as velas. Você não precisa investir em modelos grandiosos e caros, basta adquirir aquelas tradicionais brancas. Use copos recheados de musgo e bolinhas de Natal para segurá-las.

As pinhas são curingas que podem ser usadas em qualquer parte da casa. Se você percebeu que a mesa onde estão as velas está um pouco “vazia”, preencha os espaços com as pinhas em volta.

Quer decorar a árvore de Natal de um jeito romântico? Compre pérolas para costura e as embrulhe com uma fita dourada em um saquinho de tule. Aqueles bonequinhos de neve, sejam de tecido ou outro material, não precisam ficar soltos pela casa ou esquecidos na caixa dos artigos de decoração. Basta colocá-los dentro de taças e posicionar nas mesas com luzinhas ao redor.

 

Agora que você decorou a casa inteira, não se esqueça de deixar uma guirlanda na porta para recepcionar os convidados com boas energias. O artigo deve combinar com o restante do que foi usado no ambiente.

 

Lado psicológico do Natal para as crianças

Após o Dia das Crianças, em 12 de outubro, as lojas, shoppings, ruas e empresas já começaram a se preparar para o Natal. Para os adultos, a época pode apenas significar gastos extras com alimentação e, principalmente, presentes, mas para as crianças é algo mágico.

A magia do Natal para os pequenos não está somente no que vão ganhar, mas também na figura dita responsável por espalhar a alegria da data: o bom velhinho. O Papai Noel, com barba comprida, cabelos brancos, gordinho, de roupa vermelha e branca, tem origem comercial no século 19.

Se o seu filho acredita no personagem, saiba que não é errado incentivar a crença na lenda, assim como coelhinho da Páscoa e fada do dente. São fases naturais da infância. Está liberado fantasiar o vovô para a festa da família.

Além disso, a figura natalina pode representar muito mais que presentes, mas o valor da família, da bondade e da fraternidade. O Papai Noel também pode ajudar os pais a ensinarem o respeito pelos mais velhos.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros