Nutrição

Confira 9 dicas de nutrição esportiva

Por Redação Doutíssima 12/11/2015

Se você é adepto à prática de atividades físicas, você deve se perguntar como a nutrição esportiva pode influenciar em sua vidaalimentação tem um papel muito importante para que o exercício tenha eficácia sobre o corpo. O que comemos é o que nos dá energia para a prática de atividade física. Em entrevista ao jornal francês Le Figaro a nutricionista Nina Cohen- Koubi dá 9 conselhos sobre a associação de exercícios físicos e alimentação. 

 

nutrição esportiva

A nutrição esportiva nos auxilia a compreender o que devemos e quando comer para que o exercício tenha eficácia sobre o corpo. Foto : Istock

 

Segundo a nutricionista, algumas regras, como por exemplo beber bastante líquido antes, durante e depois do exercício físico e não pular refeições, devem ser respeitadas entre os amantes do esporte. Confira todas as dicas da especialista.

 

Dicas de nutrição esportiva 

 

1. Água sempre

Se o consumo de água deve ser de mais de 1 litro por dia para aqueles que não praticam atividade física com frequência, para os esportistas a ingestão do líquido deve ser muito maior, já que a água é fundamental para hidratar o corpo e leva nutrientes à corrente sanguínea. Seu consumo deve ser feito antes, durante e após a atividade física. 

 

2. Faça todas as refeições

Fazer todas as refeições é extremamente importante. Só assim os nutrientes são levados ao organismo de forma regular, o que ajuda no condicionamento físico e dá energia àqueles que praticam atividade física.

 

3. Alimente-se 1h 30 min antes de praticar a atividade física

Comer uma hora e meia entes de correr ou praticar qualquer exercício físico é outro conselho que deve ser respeitado. A digestão dos alimentos ingeridos pode atrapalhar a execução do exercício físico, bem como causar cansaço e quem o pratica.

 

4. Alimente-se após praticar exercícios físicos

Durante a prática de atividade física, o corpo esforça-se muito. Por esse motivo, é impescindível se alimentar após a atividade física. A nutricionista explica que uma boa alternativa é comer um sanduwíche de pão integral recheado com tomates.

 

5. Alimentos que contém amido podem ser aliados

Alimentos como pães, massas, batata e arroz, se consumidos sem exagero, podem fazer bem já que aumentam a saciedade e mantém os estoques de energia do corpo, muito importante para os esportistas. Não esqueça-se que é sempre bom evitar o consumo de alimentos gordurosos e ricos em açúcar

 

6.Consuma proteínas 

A carne vermelha não é a única fonte de proteínas e ainda por cima é considerada vilã da alimentação quando consumida à noite. A nutricionista explica que incluir outros tipos de carne na alimentação é importante. Peixes, frutos do mar e ovos são alternativas

 

7. Fibras e vitaminas à vontade

Quando se quer manter uma alimentação equilibrada e praticar atividades físicas com regularidade, o consumo de fibras e vitaminas é necessário devido à sua importância ao funcionamento do organismo. 

 

8.  Frutas secas são do bem

As frutas secas são uma boa opção para manter as reservas de energia do corpo, além de serem consideradas fontes de fibra. Elas contém glucídeos, responsáveis pela Barrinhas de cererais também são uma alternativa para manter as energias.

 

9. Não exagere!

Beliscar alimentos e consumir açúcares e lipídeos em excesso são atitudes que podem atrapalhar o funcionamento do organismo de qualquer pessoa, incluindo a de esportistas. Comer qualquer coisa a qualquer hora e em são causas do sobrepeso. 

 

nutrição esportiva

O consumo de açúcar em excesso não é aconselhável por especialistas de nutrição esportiva. Foto: Istock.

 

É importante destacar que consultar um nutricionista de forma regular, principalmente quando se deseja iniciar uma prática esoprtiva, é de extrema importância. Só ele saberá definir o que você deve comer, já que cada pessoa tem uma necessidade nutricional diferente.

 

 


Sites parceiros