[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes > Saúde

Bafo de onça pode indicar que algo no organismo não vai bem

Por Redação Fortíssima 27/05/2016

É incomodo conviver com aquele bafo de onça que costuma aparecer de manhã. Mas você sabia que existem 50 causas do mau hálito?  Entre elas está o corte ou consumo em excesso de alimentos, medicamentos para emagrecer ou mesmo ficar longos períodos sem comer e ter a boca seca.

Com tantas possibilidades, não é difícil imaginar por que esse é um problema tão comum. De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira de Halitose (ABHA), 57 milhões de brasileiros sofrem de halitose crônica, conhecida popularmente como mau hálito.

Bafo de onça

O mau hálito é problema comum, mas que pode ser evitado. Foto: iStock, Getty Images

Como combater o bafo de onça

De acordo com o dentista Mauricio Araújo, a halitose é um sinal de que algo não está bem no organismo e o diagnóstico correto ajuda a direcionar para o tratamento ideal, capaz de evitar que o incômodo se transforme em algo crônico.

Confira abaixo nove dicas para prevenção da halitose, segundo orientações de Araújo:

1 – Realize higiene bucal diária, incluindo escovação da língua e uso de fio dental

2 – Adote uma dieta balanceada e rica em alimentos fibrosos

3 – Evite o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e o tabagismo

4 – Mantenha seu corpo hidratado. Beba dois litros de água por dia

5 – Diminua a quantidade de alimentos com odor forte na alimentação, como alho

6 – Coma em pequenas quantidades alimentos que contribuem para ressecamento bucal, como salgados e condimentos

7 – Não faça jejum prolongado

8 – Consulte o seu dentista semestralmente para prevenção de problemas odontológicos, como cárie e gengivite

9 – Pratique atividades físicas para diminuir o nível de estresse

Uma dica da Associação Brasileira de Halitose é estimular a salivação constantemente, o que ajuda a prevenir problemas como o bafo de onça. Para isso, crie o hábito de comer de três em três horas e beber muita água.

A língua é a vilã do mau hálito?

Você costuma recorrer a balas para disfarçar o mau hálito? Para a periodontista Celi Vieira, esse recurso apenas mascara o odor temporariamente e não resolve a questão. Aliás, especialistas apontam que 90% da literatura relacionada à halitose indica que o problema está localizado na língua.

Por isso, Celi orienta que se observe a língua e que se fique atento à saburra, aquela crosta esbranquiçada que reveste a parte superior da língua. Quando ela estiver espessa e persistente, é hora de procurar um profissional para avaliar sua saúde periodontal.

Ele é a pessoa mais indicada para avaliar as possibilidades e livrar você do temido bafo de onça.  Ainda de acordo com a especialista, a higiene lingual deve ser feita de forma adequada, para não causar danos à mucosa.

E você, já teve problemas com bafo de onça? Como resolveu? Conte para a gente nos comentários.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]