corrimento amarronzado na gravidezDurante o período da gravidez, o corpo da mulher passa por diversas alterações hormonais, podemos notar uma delas através do corrimento que pode pode representar riscos dependendo da sua coloração. Por exemplo, o corrimento de cor clara e sem cheiro é considerado como normal, já os que apresentam cores amarela, marrom, verde ou cinza e que possuem fortes odores podem ser perigosos. Hoje nós iremos falar sobre o corrimento amarronzado na gravidez. Saiba mais sobre o assunto:

 

Corrimento na gravidez

 

O corrimento nada mais é do que uma mistura de bactérias naturais, células mortas da vagina e muco. Ele tem por função manter a vagina da mulher limpa e lubrificada a fim de protegê-la contra inflamações e possíveis infecções.

No período de gestação, é normal que a mulher apresente maior quantidade de secreção, uma vez que o hormônio estrogênio é liberado em excesso. Também é normal que o corrimento se intensifique conforme o tempo de gravidez, geralmente, isso acontece entre o segundo e terceiro mês. Em algumas situações, ele incomoda bastante a gestante. Neste caso, é importante não tentar interrompê-lo com o uso de tampões internos para não aumentar o risco de infecções vaginais.

corrimento amarronzado na gravidez

Corrimento amarronzado na gravidez

 

O corrimento amarronzado na gravidez do tipo borra de café é o que apresenta mais risco para a mulher, uma vez que na maioria das vezes, ele contém sangue. Ele pode ocorrer de duas formas: corrimento de cor marrom que indica que o sangue teve contato com ar dentro da vagina antes de ser expelido, já a secreção com sangue vivo quer dizer que o sangramento acabou de acontecer.

O corrimento marrom é perfeitamente normal quando ocorre nos primeiros dias da gravidez, devido à infiltração do embrião na parede do útero. Muitas mulheres chegam a interpreta-lo como uma nova menstruação quando elas ainda não sabem que estão esperando um bebê.

O corrimento amarronzado na gravidez pode ser notado pela mulher durante os três primeiros meses por causa da ruptura de pequenos vasos, sobretudo apos uma relação sexual ou outro tipo de esforço. Durante este período, ele não reprenta nenhum tipo de risco à saúde da mulher.

Entretanto, à partir de três meses de gestação, o sangramentos devem ser observados com mais atenção, pois, eles podem indicar aborto ou gravidez ectópica (fora do útero). Nesse caso, a mulher precisa ficar atenta se o corrimento vier acompanhado por sintomas como cólicas abdominais ou dores.

Já no terceiro trimestre, o corrimento amarronzado com sangue na gravidez pode representar um problema grave como um um parto prematuro e até mesmo o descolamento da placenta.

Outra situação que pode ocorrer é o que chamamos de placenta prévia, observado quando a placente se encontra de frente para a saída do útero, isto causa um bloqueio da passagem e pode impedir a saída do bebê no momento do parto.

Portanto, se você notar qualquer corrimento amarronzado na gravidez principalmente depois dos 3 meses de gestação, entre em contato com o seu médico rapidamente para obter ajuda.

Assista ao vídeo abaixo para saber mais sobre corrimento amarronzado na gravidez:

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

 

Corrimento com mau cheiro: como tratar

Corrimento na gravidez: porque acontece e como tratar

Dúvida do leitor: corrimento na gravidez prejudica o bebê?

Entenda o que pode causar a gravidez ectópica e quais os principais sintomas

Conheça o aparelho que permite monitorar a gravidez pelo celular

Mulheres que ingerem álcool na gravidez aumentam as chances de ter um bebê prematuro

5 Sintomas de gravidez que farão com que você adore estar grávida


DEIXE UMA RESPOSTA