[the_ad_group id="16403"]
Cabelos > Estética

Implante de cabelo: mitos e verdades sobre a solução para a calvície

Por Redação Doutíssima 22/03/2014

Muitos afirmam que “é dos carecas que elas gostam mais“, mas é grande a procura por tratamentos e medicamentos que aumentam a cabeleira. O implante de cabelo é a resposta estética moderna para os problemas de calvície e queda de cabelo em homens e mulheres. Ele permite que a partir da área onde você ainda tem cabelo seja feita uma redistribuição para as áreas calvas ou com menor densidade capilar.

 

careca

O implante de cabelo pode acabar com o pesadelo dos careca

 

Muitas pessoas acreditam que o implante de cabelo deve ser feito por pessoas mais jovens. Na verdade, é exatamente o contrário.  Os especialistas afirmam que geralmente os resultados de implante de cabelo mais bem sucedidos ocorrem em pessoas mais velhas.  Eles explicam que a partir do momento em que o jovem começa a perder cabelo jovens ainda não é possível prever a extensão da queda capilar. Provavelmente será necessário passar novamente pelo procedimento após certa idade.

 

 

O ideal é  fazer primeiro um implante de cabelo de uma pequena zona para saber se os resultados serão satisfatórios. O implante de cabelo é um procedimento com efeitos permanentes, uma vez feito o paciente não poderá voltar atrás. Caso a pessoa esteja insegura, é recomendado fazer  uma maior investigação sobre a técnica utilizada e procurar conversar com outros médicos e pacientes que já tenham passdo pelo procedimento.

 

Os resultados do implante de cabelo podem demorar até um ano para serem percebidos

Os resultados do implante de cabelo podem demorar até um ano para serem percebidos

 

 

Principais técnicas utilizadas no implante de cabelo

 

Unidade Folicular (FUT)

 

O Transplante Capilar de Unidade Folicular (FUT) foi desenvolvido na década de 1980 nos Estados Unidos. O procedimento demanda o uso de microscópios para a produção e colocação dos fios transplantados. Neste técnica é retirada uma faixa de couro cabeludo da região lateral e posterior e são separadas as unidades foliculares. A vantagem deste método é que se consegue obter uma grande quantidade de fios por sessão, cerca de 6.000 a 8.000. Porém a técnica FUT gera uma cicatriz linear, que pode ser camuflada dependendo do tamanho dos fios.

 

 

crescimento dos fios

O implante de cabelo é feito fio a fio

 

Follicular Unit Extraction (FUE)

 

A técnica Follicular Unit Extraction (FUE) também é americana e chegou ao Brasil rescentemente. O procedimento consiste em extrair os fios um a um da área doadora. A principal vantagem desta técnica é a ausência de cicatriz. Como o cabelo é preparado com o uso de um bisturi a cicatriz produzida fica imperceptível.  Embora seja um técnica nova, a modalidade FUE não pode ser utilizada em todos os pacientes. Uma das desvantagens desse método é a quantidade de fios que são obtidos por sessão é a metade obtida pela técnica anterior.

 

Recuperação após o implante de cabelo

 

 

Apesar de ser um procedimento longo, o pós-operatório é simples e o paciente apresenta rápida recuperação. Especialistas garantem que é possível voltar as atividades em 3 a 5 dias. Após o implante dos cabelos, é orientado que o paciente durma com a cabeceira elevada por 3 dias, isto para ajudar a redução do inchaço. Outra manobra é aplicação de compressas frias sobre a testa. Após 48 horas da cirurgia o paciente já pode lavar os cabelos em casa, conforme é orientação médica. A exposição solar somente após 4 semanas de cirurgia.

 

após implante

Só após um ano é possível perceber os resultados do implante de cabelo

 

Resultados

 

É importante saber que após o implante de cabelo os fios levam bastante tempo para crescer. Geralmente é preciso esperar um ano para conseguir o resultado desejado. Após a cirurgia, parte dos fios implantados caem. No terceiro mês após a cirurgia os fios começam a crescer, no sexto mês o paciente apresenta 50 a 60% do resultado da cirurgia. O resultado definitivo aparece após 8 meses a um ano do procedimento. É importante esclarecer que o implante capilar não interfere na evolução da calvície, ou seja, os fios que são originais da região da calvície podem cair.

 

Mitos e verdade

 

– A alimentação interfere diretamente não saúde interna e externa do fio

– As terapias alternativas como loções caseiras e produtos naturais ainda não têm nenhumaevidência científica

– Xampus e cremes não interferem no quadro de queda de cabelo

– A seborreia pode aumentar a quantidade de caspa e contribuir com a queda dos fios

– Os procedimentos químicos para alisar o cabelo não causam queda do cabelo. Mas queimaduras químicas podem provocar a queda definitiva dos fios em alguma região da cabeça

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]