[the_ad_group id="16401"]
Cabelos

Plástica capilar promete recuperar fios sem causar danos

Por Redação Doutíssima 28/08/2014

Uma das promessas da indústria cosmética voltada às nossas madeixas se chama plástica capilar. A técnica visa nutrir o cabelo por meio de um super banho de queratina e, por consequência, fecha aquelas cutículas dos fios que causam ponta dupla. Outra de suas vantagens é revitalizar os fios, dando um aspecto de cabelo bem cuidado, tratado, brilhoso e sedoso da raiz as pontas.

Indicações da plástica capilar

A plástica capilar é indicada principalmente para aquelas mulheres que buscam mudar o visual dos seus fios, mas que precisam antes recuperá-lo para conseguir que os resultados de uma tintura ou outras modificações capilares realmente tenham solução.

plástica-capilar

Plástica capilar deve ser realizada em salões com profissionais especializados. Foto: Shutterstock

O diferencial da técnica é que ela consegue revitalizar seu cabelo que antes parecia não ter mais jeito. E mais: com a segurança de que eles não ficarão detonados com facilidade novamente, visto que a plástica dos cabelos consegue criar uma película protetora.

As vantagens da plástica capilar

Se os seus cabelos estão muito danificados, você não irá perceber os efeitos de uma hidratação caseira com um simples procedimento feito em casa ou até no salão. Isso faz com que haja a necessidade de um tratamento de choque.

Foi pensando nisso que a indústria cosmética japonesa desenvolveu, um tipo de hidratante forte o suficiente para com algumas aplicações e cuidados básicos, obter a recuperação total do cabelo. E foi assim que surgiu o procedimento da plástica capilar.

A técnica é indicada para todos os tipos de cabelos, seja loiro ou afro, por exemplo. Ela promete recuperar cada fio que sofreu os mais diversos efeitos do tempo e da química e devolver fios cheios de vida novamente.

E outra boa notícia é que ela funciona super bem com o calor. Isso significa que o secador e chapinha também podem ser usados em um cabelo que passou pela plástica capilar sem que haja os danos que geralmente ocorre com a repetição desse processo. A única dica que deve ser seguida à risca é a aplicação de protetores térmicos no fio antes da secagem e passagem da chapinha.

Diferenças para a hidratação comum

De forma resumida, a diferença entre a plástica capilar e uma hidratação comum é que a segunda reconstrói apenas a superfície do fio, ou seja, ela não atua no bulbo capilar.

Isso significa que, embora o seu cabelo fique brilhoso, mas ele se manterá difícil de lidar, de pentear e apresentando nós com regularidade, bem como opaco e sem vida em pouco tempo após a hidratação. Já a plástica capilar age de dentro para fora, preenchendo o fio todo com queratina.

No entanto, o recomendado é procurar uma avaliação em um salão de beleza. Apenas um profissional como o cabeleireiro pode dizer se seu cabelo precisará de uma plástica ou se uma hidratação comum já resolve o problema.

A plástica capilar não é um tratamento muito barato, tanto que não são todos os salões e profissionais que estão aptos a aplicar a técnica. Procure se informar com os melhores profissionais no ramo e também com os bons salões para dar nova vida aos seus cabelos.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]