[the_ad_group id="16401"]
Especialidades

Você sabe o que é candidíase? Corrimento e coceira podem ser sintomas da doença

Por Redação Doutíssima 21/05/2014

Você sabe o que é candidíase? A candidíase é uma infecção gerada por um fungo chamado Candida. Na maior parte do tempo, uma pequena porção desse fungo vive na boca. O problema é quando o sistema imunológico, responsável pelo controle do Candida, é prejudicado. Nestes casos, o fungo pode se espalhar.

Com o crescimento e aumento da área de ação e da força do fungo, aumentam também as chances de ocorrerem lesões por candidíase na boca, nas bochechas, na língua e nas gengivas. Também é preciso considerar o fato de que há diversos outros pequenos germes que vivem ali.

Ginecologistas prescrevem pomadas e antifúngicos para lidar com a infecção. Foto: Shutterstock

Ginecologistas prescrevem pomadas e antifúngicos para lidar com a infecção. Foto: Shutterstock

Entenda o que é candidíase

É importante entender o que é candidíase e como ela se manifesta em mulheres. Nelas, pode ocorrer uma infecção na vagina, sendo conhecida também como candidíase vaginal ou monilíase vaginal. Os fungos que atuam na boca e na vagina são de famílias diferentes: o da boca sendo conhecido apenas como Candida e o segundo como Candida albicans.

Esse tipo de fungo é bem normal, ainda mais que está presente (mesmo que em pequenas quantidades) no corpo humano. Quando o sistema imunológico está trabalhando como o esperado, ele não se manifesta e, assim, não cria infecções ou quaisquer outros sintomas. O problema aparece quando a imunidade está baixa.

Candidíase vaginal

O que é candidíase vaginal? Ela ocorre quando alguns fatores propiciam a reprodução dos fungos na vagina, levando a uma infecção. Entre os fatores que podem auxiliar essa reprodução estão o uso contínuo de antibióticos (pois alteram os níveis de bactérias protetoras dos sistemas do corpo), gravidez e diabetes.

Mesmo hábitos até certo ponto comuns e que parecem inofensivas podem levar ao desenvolvimento da doença, como deixar a calcinha secando no banheiro. Muitas mulheres lavam a roupa íntima durante o banho e a deixam secando no cômodo. Essa humidade propicia a reprodução dos fungos. Mulheres que compreendem o que é candidíase e sua forma de agir evitam este tipo de hábito.

Sintomas da candidíase

A candidíase é mais comum no verão, por causa do calor e da transpiração. É importante redobrar os cuidados durante a estação mais quente do ano. Os sinais da doença começam com coceiras e chegam a corrimentos e lesões maiores.

Mesmo que essa não seja uma doença sexualmente transmissível, a candidíase deve ser levada a sério. Ao perceber qualquer tipo de mudança, procure seu médico. Essa infecção pode indicar problemas em outros sistemas do corpo.

Tratamento

O médico fará diversos testes para, então, passar o tratamento. Normalmente, os ginecologistas prescreverão pomadas e antifúngicos para lidar com a infecção. Lembre-se que prevenir a candidíase é mais fácil e menos incômodo do que ter de tratá-la.

Busque sempre deixar a área da vagina seca, não ficando com roupas molhadas por muito tempo, por exemplo. No verão, é normal voltar da praia e ficar com a roupa de banho. Isso pode, além de influenciar o funcionamento da bexiga, vir a gerar candidíase. Durante o inverno, procure sempre usar calcinhas de algodão, que facilitam a respiração da pele e não esquentam tanto. Roupas apertadas também não são indicadas.

Os médicos ainda dizem que é interessante dormir sem calcinha ao menos uma vez por semana. Toda a gama de sabonetes íntimos que controlam o PH da área são aliados tanto no tratamento quanto na prevenção da doença. Agora que você já sabe o que é candidíase, procure sempre deixar roupas íntimas secando ao vento e não fique com peças molhadas.

 

https://www.youtube.com/watch?v=q_uFtHF4ii4

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!

 

Saiba mais:

CANDIDIASE TRATAMENTO: Aprenda a fazer um remédio caseiro contra candidíase

Entenda a diferença entre clamídia e candidíase

Tudo o que você queria saber sobre o sapinho (candidíase oral)

Saiba mais sobre a candidíase no homem: sintomas e tratamento

Candidíase: conheça os sintomas e se previna!

Mulheres: Saiba mais sobre a flora vaginal

Regras fundamentais para uma boa higiene íntima


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]