[the_ad_group id="16403"]
Pele

Aprenda a escolher o melhor creme para manchas no rosto

Por Redação Doutíssima 15/10/2014

Uma das maiores preocupações das mulheres que procuram um dermatologista é o surgimento de manchas na pele devido a problemas diversos. Ao buscar ajuda médica, boa parte delas logo de cara quer saber se é possível encontrar um bom creme para manchas no rosto.

creme-para-manchas-no-rosto

Compare as diversas opções e veja qual creme é o melhor para você. Foto: iStock, Getty Images

A escolha da melhor opção deve ser feita pelo médico e não por conta própria. Isso porque a ajuda é fundamental para não agravar o problema. O creme para manchas no rosto tende a ser uma das primeiras opções dos dermatologistas.

 

Depois de avaliar sua pele, o médico prescreve uma fórmula específica para você. Grande parte das substâncias despigmentantes interfere no mecanismo que regula a síntese da melanina. Outros ativos encontrados na formulação de creme para manchas no rosto são capazes de absorver e controlar a distribuição desse pigmento na pele.

 

Creme para manchas no rosto manipulado

 

É comum que seja indicado, de forma clínica, algum tipo de creme feito em farmácias de manipulação: nestes casos, a concentração das substâncias ativas é mais alta do que nos cosméticos tradicionais.

 

A da hidroquinona (um clássico para tratar manchas), por exemplo, fica entre 2 e 5%. Nos produtos vendidos nas farmácias, não passa de 1%. Isso se traduz em resultados mais rápidos e perceptíveis.

 

E você, está por dentro dos principais componentes que devem estar contidos no seu creme para manchas no rosto? Saiba mais sobre as principais formulações utilizadas e fale com seu médico sobre a melhor opção.

 

Tipos de creme para manchas no rosto

 

– Hidroquinona

 

A hidroquinona ainda é a substância mais prescrita pelos médicos. Ela inibe a ação da tirosinase, uma enzima relacionada à produção de melanina. No entanto, deve ser utilizada por no máximo nove meses, pois pode provocar irritação em quem tem pele sensível.

 

– Idebenona

 

Essa substância se tornou em pouco tempo a nova queridinha dos experts. Isso porque ela tem efeito clareador tão potente quanto o da hidroquinona, no entanto, com uma vantagem: é mais segura e sem tantas reações adversas.

 

– Ácido kójico

 

Despigmentante derivado do arroz, promove um resultado mais leve.

 

– Extrato de gérmen de trigo

 

Essa substância compõe a lista dos principais receitados uma vez que controla a síntese de melanina. Além disso, é liberado para o uso em gestantes, vantagem raríssima no mundo dos cremes clareadores.

 

Caso você ainda esteja na dúvida sobre adquirir ou não um creme para manchas no rosto que seja manipulado, saiba que a maior vantagem é que, além das substâncias despigmentantes, os manipulados podem conter filtro solar e ingredientes que combatem o envelhecimento, o ressecamento ou o excesso de oleosidade, tudo no mesmo pote.

 

Em contraponto, eles são mais instáveis e, portanto, duram menos tempo. Por isso, fique de olho na data de validade. E, se ainda assim não se sentir segura, procure uma opção industrializada.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]