Guia do Sexo Anal

Saiba como evitar dores durante a relação

Por Redação Doutíssima 04/11/2014

Embora seja normal que muitas mulheres sintam dores em suas primeiras experiências sexuais, você deve desconfiar se esse desconforto não passar e acompanhar você durante e após o coito. O transtorno sexual chamado dispareunia acontece devido a fatores psicológicos e orgânicos, como irritações da clitóris ou outras doenças que acometem o ânus. Saiba como evitar dores durante a relação.

dores durante a relação

A dor durante o sexo pode ter origem psicológica. Foto: iStock, Getty Images

Como evitar dores durante a relação sexual

1. Descubra

O primeiro passo para evitar que as dores durante a relação se repitamé descobrir o que as está causando. Para isso, você precisará ir ao ginecologista. Antes de ir ao médico, tente analisar sua rotina.

Perceber se as ardências e dores aparecem depois do sexo vaginal ou anal, por exemplo. É necessário que você saiba dos detalhes para lhe ajudar. Não deixe de contar com honestidade tudo, para que ele desvende os possíveis fatores psicológicos.

2. Fatores psicológicos

Muitas vezes a insegurança é um dos fatores que desencadeia as dores. Caso o médico entenda que seu problema é psicológico, você irá se consultar com um terapeuta sexual. Ele vai deixar você mais confortável com seu corpo, recomendando que sejam feitos exercícios de reconhecimento. Alguns deles deverão ser feitos com a ajuda de seu parceiro.

3. Infecções vaginais

Muitas infecções vaginais podem casar coceira e dores, fazendo a mulher sentir dores durante a relação. No caso de infecções urinárias como a cistite, o tratamento deve ser feito por meio de antissépticos e antibióticos urinários. Quando o problema se originar em DSTs como candidíase e clamídia, requerem-se tratamentos conjuntos da mulher e o parceiro, em um período de abstenção sexual.

4. Lubrificantes

Os lubrificantes são essenciais para quem sente a dificuldade de penetração, seguida de dor, devido à falta de lubrificação natural do corpo. A falta de lubrificação vaginal também pode acontecer devido a fatores psicológicos, mas, em geral, se deve a falta de estímulo correto. Vale um esforço maior do parceiro nas preliminares, portanto, para evitar que você sinta dores durante a relação.

No ânus a situação é diferente, uma vez que ele não produz lubrificação natural nenhuma, e possui sua musculatura preparada para expelir. Por esse motivo, você sempre deve usar lubrificante para fazer sexo anal.

Você deve passar lubrificante nos dedos e começar a massagear a região do ânus. Depois empurre um dedo e faça movimentos circulares no ânus. A reposição hormonal é indicada quando o problema de lubrificação for a menopausa.

5. Movimento

Movimentos penianos na hora da penetração podem causar muito desconforto na mulher, principalmente durante o sexo anal. Além do lubrificante, é preciso que vocês usem a camisinha certa, na posição mais adequada. É necessário que o casal experimente e veja o que agrada mais.

6. Confiança

A comunicação também é essencial para evitar dores durante a relação. A mulher se sentirá mais confiante e terá sua musculatura mais relaxada e receptiva. Ela precisa ter certeza de que será ouvida caso peça para que o parceiro diminua o ritmo, por exemplo, ou que eles deem uma pausa. Fazer algo forçado durante a relação sexual pode acarretar vários problemas psicológicos e físicos.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros