Remédios Caseiros

Aprenda a fazer em casa remédios para intoxicação alimentar

Por Redação Doutíssima 15/11/2014

Quando comemos um alimento repleto de bactérias, parasitas ou vírus prejudiciais ao nosso organismo, sofremos uma intoxicação alimentar. Na maior parte dos casos, o corpo se recupera naturalmente em alguns dias. Mas há uma série de remédios caseiros – além da hidratação, imprescindível – que podem ajudar a acelerar esse processo.

Intoxicação-Alimentar

Receitas naturais podem acelerar a cura de uma intoxicação alimentar. Foto: Shutterstock

Gengibre é ótimo para curar uma intoxicação alimentar

Uma ótima dupla para tratar em casa a intoxicação alimentar é o gengibre e a água de coco. Com o gengibre, você pode preparar um chá e água de coco pode ser ingerida naturalmente. O gengibre vai ajudar a diminuir os vômitos e a água de coco atua na reposição dos líquidos perdidos pela diarreia e vômitos.

Poderoso no combate à intoxicação alimentar, o gengibre também pode ser saboreado. Você vai precisar de pouquíssimos ingredientes: um pedaço de cerca de dois centímetros de  gengibre e uma xícara de água. Coloque os ingredientes numa panela e deixe ferver por cerca de 5 minutos.

Tape e deixe esfriar. Tome até 3 xícaras por dia. Outra forma de usar o gengibre no combate a esta doença é chupar ou mastigar um pedaço da raiz.

Água de coco é opção

Como já dito anteriormente, a água de coco pode ser consumida em seu estado natural, sem grandes receitas elaboradas. O importante é que ela seja ingerida após episódios de diarreia e vômitos – tomá-la vai ser essencial para que o corpo se recupere o mais rápido possível.

Especialistas aconselham a ingerir a água de coco gelada, para evitar o vômito. Mas preste atenção: se possível não tome a água de coco industrializada, seu efeito é bem menor.

Atenção à alimentação

O paciente que está sob os indesejáveis e desagradáveis efeitos de uma intoxicação alimentar deve redobrar a atenção com a alimentação. Além de beber bastante água, deve seguir uma dieta leve, com bastante frutas, legumes e verduras cozidas.

Os tipos de carne mais adequados para se consumir durante os quadros de intoxicação alimentar são de frango, peru, coelho. No caso da carne de gado, esta deve ser magra, grelhada ou em bifes.

Não é adequado ficar mais de quatro horas sem se alimentar durante o quadro de intoxicação. No caso de vômitos, antes de comer, espere pelo menos meia hora até ingerir algum alimento e dê preferência para uma fruta ou bolachas do água e sal. E repouse o máximo que puder.

Frutas para tratar intoxicação alimentar

A banana, rica em potássio, é uma excelente alternativa contra a intoxicação. Basta comer uma unidade por dia. O limão também é outra fruta que pode ser bem útil nestes casos pois tem propriedades anti-inflamatória, antiviral e antibacteriana – especialmente por sua natureza ácida. Tome uma colher das de chá de suco de limão com uma pitada de açúcar três vezes por dia.

Outros chás para intoxicação

Além do chá de gengibre, você pode optar, ainda, pelo chá de amoreira e camomila. Estas duas plantas juntas possuem ação antidiarreica, reguladora do intestino, bactericida e calmante. Também auxiliam na eliminação dos microrganismos causadores da intoxicação alimentar e na redução da diarreia.

Pegue uma colher das de chá de folhas secas e picadas de amoreira e uma colher das de chá de folhas de camomila e misture em uma xícara de água fervente. Tape e deixe repousar por 10 minutos. Coe e beba até três xícaras deste chá por dia.


Sites parceiros