Remédios Caseiros

Aprenda a fazer remédios caseiros para tratar o joanete

Por Redação Doutíssima 17/11/2014

O joanete acontece quando o dedão do pé aponta para o dedo do lado, criando um calo na parte externa do pé. Essa anomalia acontece mais frequentemente em mulheres e tem cunho hereditário, embora o uso de sapatos de bico fino e salto alto possa ocasionar o seu  surgimento. Aprenda remédios caseiros para tratar esse mal que, além do desconforto estético, causa dores nos pés e nas juntas.

joanete

Compressas, chás e óleos podem aliviar a dor do joanete. Foto: Shutterstock

Como tratar o joanete com métodos naturais

Para começar direito o tratamento de joanete, você precisa se livrar de seus sapatos apertados ou com mais de quatro centímetros de salto, ou seu dedão será ainda mais empurrado para os outros dedos, aumentando o calo do pé.

Opte por sapatos mais confortáveis, que não pressionem seus dedos e melhorem a respiração e comodidade dos pés. Andar descalço por um tempo é outra opção, especialmente em terrenos irregulares, para que suas articulações trabalhem sem pressão.

Para amenizar a dor ocasionada pelo joanete, uma boa opção é a pimenta vermelha, que possui agentes anti-inflamatórios. Coma a pimenta junto da comida ou esfregue a iguaria no local afetado. Lave bem as mãos depois desse procedimento, para que reações de irritação não sejam desencadeadas em outras partes do seu corpo, como os olhos, caso você esfregue seus dedos sujos de pimenta neles.

Um compressa fria também pode ser aplicada para diminuir a inflamação local. Basta pegar um saco de gelo ou alimento congelado e aplicar no joanete, todos os dias, durante alguns minutos, sempre colocando uma toalha entre a compressa e a pele. Vale lembrar que essa técnica não é recomendada para quem possui problemas de circulação nos pés ou diabetes.

Chás e óleos contra o joanete

Prepare um chá com cúrcuma para que a produção de substâncias geradoras da dor sejam interrompidas. Em uma panela pequena, ferva quatro xícaras de água. Depois, é só colocar uma colher (sopa) da planta descansando nessa água por dez minutos, coar e beber diariamente. Você também pode usar esse líquido para lavar a região da anomalia duas vezes ao dia.

Devido a suas propriedade anti-inflamatórias, o óleo de lavanda atua como relaxante muscular, aliviando o desconforto. Basta massagear o joanete com o óleo de lavanda Para prepará-lo, misture algumas flores secas de lavanda com azeite de oliva, esquentando em banho maria. Depois, passe tudo pela peneira, guardando o óleo resultante para aplicar todas as noites, massageando com cuidado.

Se preferir, use o óleo extraído dos bulos da açucena, que age diretamente nas dores articuladas. Você pode comprar o óleo ou fazê-lo mergulhando algumas folhas da planta em conhaque por cerca de cinco minutos. Depois, é só friccionar sobre a região dolorida, com movimentos delicados, mas firmes.

Experimente também banhar seus pés com sal

Escolhe um recipiente grande o suficiente para os seus pés e encha-o com água morna. Acrescente duas colheres (sopa) de sal na água e mantenha seus pés de molho por 20 minutos. Os sais de Epsom, um tipo de sal curativo, pode ser utilizado ao invés do sal comum. Além de aliviar a inflamação do joanete, essa prática deixará a pele mais suave.


Sites parceiros