Sexualidade

Aprenda a criar o clima perfeito para um beijo francês

Por Redação Doutíssima 26/11/2014

Você sabe o que é o beijo francês? Essa é a nomenclatura que muitos países dão ao nosso tão tradicional e famoso beijo de língua. Ao contrário do que muitos pensam, porém, o beijo francês não significa simplesmente juntar as pontas das línguas quando duas pessoas se beijam, tampouco “enfiar” a língua dentro da boca do outro, tentando alcançar o mais fundo possível.

Na realidade, os beijos em geral merecem um tratamento todo especial, e não raro possuem uma técnica específica. E o beijo francês não foge à regra. Quer saber um pouco mais sobre como proporcionar ao seu parceiro um beijo inesquecível? Confira algumas dicas abaixo.

 

beijo-francês

O beijo de língua é ótimo para reforçar a intimidade do casal. Foto: iStock, Getty Images

Benefícios do beijo francês

Os beijos até podem ser vistos como um estágio inocente e inicial de qualquer relacionamento, mas sua importância não deve ser subestimada. Isso porque eles envolvem o contato entre lábios e línguas, partes do corpo humano que possuem uma infinidade de terminações nervosas.

A consequência disso é que um beijo dado corretamente pode ser muito estimulante e o ponto de partida para coisas mais intensas. Acredite, os beijos possuem a capacidade de despertar os sentimentos mais apaixonantes nos seres humanos.

 

Técnicas para um beijo francês intenso

Você sabe como dar um beijo francês da forma correta? Dominar a técnica é extremamente importante, já que um beijo mal executado, sobretudo se for o primeiro, pode causar a impressão errada. Portanto, não se julgue autossuficiente no assunto, confira as dicas abaixo e surpreenda o seu parceiro.

Lábios

Os lábios jamais devem estar secos para um beijo intenso – isso pode diminuir o prazer. Portanto, umedeça seus lábios antes de beijar alguém – pode ser com a sua própria língua.

Cabeças

A posição da cabeça é importantíssima, e o correto é que a sua e a de seu parceiro estejam inclinadas para lados opostos, ou seja, você para um lado, ele para o outro.

Olhos

Jamais beije de olhos abertos. Feche-os antes do beijo, já que do contrário poderá passar uma sensação de indiferença ao outro.

Etapas

O beijo francês termina com a língua, mas isso não significa que deva começar diretamente com ela. O ideal é ser progressivo, começando com beijos nos lábios, abrindo a boca aos poucos e passando a língua nos lábios do outro.

Depois, você pode começar a colocar sua língua na boca de seu parceiro, encontrando com a dele. Por fim, explore a boca dele com sua língua e curta toda a intensidade desse tipo de beijo.

Tempo

Não existe um tempo pré-determinado para a execução do beijo de língua. O ideal é que ele seja feito com bastante calma e intensidade, proporcionando uma sensação única ao seu parceiro.

Clima é algo fundamental

Além das técnicas e das dicas que listamos acima, outro ponto fundamental para a boa execução de um beijo de língua é criar um clima ideal para isso. À primeira vista, você pode associar essa questão com um lugar ideal – mas apenas isso não basta.

De nada adianta vocês estarem no lugar mais romântico do mundo, como assistindo o pôr do sol na praia, se não há clima para um beijo tão intenso. E a criação desse clima passa, justamente, por ter bastante calma na hora de executar o beijo.

Comece com beijos suaves no lábio inferior e, quando você sentir que a excitação cresceu consideravelmente, avance com a sua língua para tocar a ponta da língua de seu parceiro – é justamente esse o local que possui o maior número de terminações nervosas do corpo humano – é justamente nele que se cria o clima das coisas que virão a seguir.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros