Sexualidade

Veja como identificar se você tem vício em sexo

Por Redação Doutíssima 26/11/2014

Muita gente não sabe, mas o sexo pode ser um vício, tendo características parecidas com as de outras dependências. O vício em sexo é uma condição em que uma pessoa têm um desejo acima do normal para ter relações sexuais, se masturbar, assistir pornografia ou paquerar. Uma pessoa é definida como um viciada em sexo quando seu comportamento fica fora de controle e começa a ter um impacto negativo em sua vida.

 

vicio-em-sexo

O sexo se torna um vício quando começa a prejudicar outras atividades. Foto: iStock, Getty Images

 

Estes sentimentos e comportamentos podem causar vergonha, desespero e confusão para o viciado em sexo. O vício, apesar de ser um problema incontrolável, é, normalmente, acompanhados pela negação.

 

O vício em sexo ocupa uma grande parte da energia e do tempo de quem possui esta dependência, além de prejudicar relacionamentos, gerar problemas no trabalho e uma perda de interesse em qualquer coisa não-sexual. Se suspeitar que você tem este problema, veja alguns sinais que definem o vício em sexo.

 

Sintomas do vício em sexo

Normalmente, um viciado em sexo procura múltiplos parceiros sexuais ou também pode ter relações com animais ou objetos. O vício pode incluir uma necessidade compulsiva de se masturbar e ver pornografia, ou seja, em situações sexualmente estimulantes.

 

O viciado pode alterar a sua vida e as atividades de forma significativa, a fim de realizar atos sexuais várias vezes por dia. Um viciado em sexo não pode controlar o seu comportamento, apesar das consequências negativas graves.

 

O vício em sexo pode ser difícil de detectar, já que a maioria das pessoas que sofrem com isso, buscam esconder o seu comportamento e costumam manter o vício em segredo de cônjuges, parceiros e membros da família.

 

Alguns sintomas, às vezes, são visíveis. Veja quais são os demais sinais que podem identificar o vício em sexo. Se você se identificar com muitos deles, procure ajuda psicológica para se livrar do problema.

 

Outras características de quem tem vício em sexo

 

– Você tem vários parceiros sexuais

– Você gasta muito tempo, energia e dinheiro ao se envolver em vários casos extraconjugais

– Sua necessidade de se masturbar tornou-se cada vez mais compulsiva

– Você acha que o sexo pode te ajudar a lidar com o estresse, a ansiedade ou o tédio em sua vida

– Você precisa de sexo para se sentir desejado, poderoso ou importante

– Seus comportamentos compulsivos sexuais podem incluir voyeurismo, perseguição ou exibicionismo

– Você se sente pressionado a procurar comportamentos sexuais mais emocionantes

– Você está se engajando em comportamentos cada vez mais arriscados – por exemplo, ter relações sexuais desprotegidas

– Você está se envolvendo com encontros pela internet, sexo por telefone ou sexo pelo computador (sexo virtual)

– Você tem obsessão por material pornô. O vício em pornografia pode ser semelhante, mas não é a mesma coisa do que vício em sexo

– Você promete a si mesmo que você vai parar de se envolver estes tipos de comportamentos sexuais e não consegue cumprir

– Você tem escondido sua vida sexual de sua família e amigos
– Seus hobbies e relacionamentos estão sofrendo pela sua compulsão sexual

– Seu parceiro está insatisfeito com o relacionamento e você se tornou distante de sua família e amigos.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros