[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Mastigação correta ajuda a saúde dos dentes e a digestão

Por Redação Doutíssima 14/07/2015

Prestar atenção na maneira como você mastiga os alimentos é muito importante para a sua saúde. A mastigação é o primeiro passo para o processo digestivo, ou seja, se feita da forma certa, facilita a digestão e ainda proporciona a redução das medidas corporais. Conforme a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, o padrão bilateral é o que as pessoas deveriam priorizar.

Informações sobre a mastigação

O que seria a mastigação bilateral? Esse processo consiste em mastigar os alimentos com os dois lados da arcada dentária, evitando assim o aparecimento a longo prazo de uma assimetria facial.

mastigacao

Cuidados ao mastigar os alimentos ajudam a garantir uma digestão mais eficiente. Foto: iStock, Getty Images

Além de saber como é realizada esse tipo de mastigação, é necessário entender que os dentes são divididos por funções bem específicas durante a trituração dos alimentos.

“Nossos dentes são divididos em grupos onde temos os dentes anteriores (caninos e incisivos) e posteriores (pré-molares e molares) com a respectiva função de apreensão, laceração, início e finalização da trituração dos alimentos” salienta o Cirurgião-dentista, Miguel Gaspar.

Ou seja, os dentes incisivos cortam os alimentos, os pré-molares quebram em partes menores e os molares reduzem ainda mais o tamanho dessas partículas. Os dentes desempenham um papel muito importante, mas não trabalham sozinhos nesse processo: a língua, saliva, as bochechas e os lábios ajudam na formação do “bolo alimentar”.

Miguel Gaspar ressalta a importância do trabalho em conjunto de todos esse elementos. “Uma mastigação eficiente também é dependente de uma harmonia entre as arcadas dentárias, onde dentes alinhados e que estejam com sua função correta contribuem para o início do processo digestivo”, afirma.

Causas da má mastigação

Mastigar os alimentos de forma incorreta pode ocorrer por diversos fatores: sensibilidade nos dentes, mordida cruzada e estresse. Rinite e desvio de septo também estão entre as causas, pois exigem que a pessoa respire pela boca enquanto mastiga os alimentos.

Muitas pessoas sofrem com dores de cabeça e ouvidos sem motivo aparente. O problema pode estar justamente na maneira que se mastiga oos alimentos. Mastigar apenas de um lado, além de levar à deformação da arcada dentária, pode causar dores de cabeça, inflamação das articulações e, por fim, afetar os ouvidos causando zumbidos.

Dicas para mastigar melhor

Para melhorar a saúde, Miguel Gaspar salienta a importância de manter bons hábitos de higiene bucal e acrescenta: “o consumo racional de açúcares e consultas regulares com o cirurgião-dentista contribuem para a manutenção da saúde bucal e consequentemente trazem benefícios para uma mastigação eficiente”, afirma.

Confira algumas dicas para melhorar o processo da digestão:

1. Porção dos alimentos

Coloque na boca porções que permitem que a trituração dos alimentos de maneira confortável.

2. Forma de mastigar

Mastigar de forma bilateral com o auxílio da língua para direcionar o “bolo alimentar” para a superfície dos dentes.

3. Movimentos

Os movimentos da mandíbula devem ser verticais e rotatórios.

4. Tempo

Mastigue lentamente os alimentos e mais vezes.

Em 2011, uma pesquisa publicada pelo American Journal of Clinical Nutrition mostrou que mastigar 40 vezes reduz em 12% a ingestão calórica. E por que isso ocorre? A pressão que os dentes exercem sobre os alimentos está ligada às mensagens de saciedade enviadas ao cérebro.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]