[the_ad_group id="16401"]
Dieta > Nutrição

Dietas da moda: saiba quais as vantagens e riscos

Por Dra. Juliana Rossi Di Croce 27/02/2014

Todos os dias surgem novas dietas, que prometem emagrecimento rápido e de forma saudável. Saiba o que cada uma das dietas da moda oferece e quais as desvantagens em segui-las

 

dietas da moda

 

As dietas da moda, como o próprio nome já diz, são sazonais e prometem emagrecimento rápido e de forma milagrosa. Normalmente elas são extremamente restritivas, desbalanceadas e generalistas, causando carências importantes e um grande desequilíbrio orgânico.

É importante ficar atento ao que cada uma propõe, com o objetivo de melhor escolher. Além disso, qualquer restrição alimentar, quando feita sem o acompanhamento de um profissional, pode colocar em risco nossa saúde. Por isso, vamos detalhar abaixo as mais conhecidas dietas da moda, mostrando suas vantagens e desvantagens.

 

Dietas da moda

 

dietas da modaDieta do tipo sanguíneo

Acredita que a necessidade nutricional de cada um é individual, de acordo com o tipo sanguíneo.

Desvantagens: as características individuais são específicas, mas vão muito além do tipo sanguíneo.

 

 

Dieta da proteína

A característica principal desta dieta é que limita a ingestão de carboidratos e estimula o consumo de proteínas e gorduras.

Vantagens: provoca rápida e intensa perda de peso.

Desvantagens:

Pode levar à desidratação, irritação e mau humor;

dietas da modaAumento de colesterol e demais associações a DNT;

Diminuição da massa magra;

A restrição a vegetais e frutas pode levar a deficiência de vitaminas e minerais, além da falta de fibras prejudicarem o funcionamento do intestino;

Formação de corpos cetônicos.

 

Dieta da proteína – Dr. Atkins

Limita a ingestão de carboidratos e estimula o consumo de proteínas e gorduras.

Vantagens: provoca rápida e intensa perda de peso.

Desvantagens:

Pode levar a desidratação, irritação e mau humor;

Aumento de colesterol e demais associações a DNT;

Diminuição da massa magra;

Pela restrição a vegetais e frutas pode levar a deficiência de vitaminas e minerais, além da falta de fibras prejudicarem o funcionamento do intestino;

Formação de corpos cetônicos.

 

dietas da modaDieta da zona

Sendo uma das mais complexas entre as dietas da moda, a Dieta da Zona incentiva o balanço hormonal do corpo, se alimentando em proporções reduzidas de carboidratos (40%), alto consumo de proteínas (30%) e quantidade adequada de gorduras (30%). Essa dieta sugere que consumindo os alimentos na proporção recomendada, pode-se controlar a produção de insulina, fazendo com que a gordura seja queimada de maneira mais eficiente.

Vantagens: rápida perda de peso.

Desvantagens:

Deve-se seguir uma lista de combinações de alimentos, com as porções a serem consumidas medidas corretamente, o que dificulta até que a pessoa se acostume a medir as porções;

Não é muito prático, já que muitas vezes as pessoas devem utilizar balança para fazer a divisão dos alimentos;
Há dificuldade em seguir as combinações diariamente, tornando-se impraticável, além de tomar muito tempo para seu planejamento.

dietas da moda

Dieta Dukan

4 etapas:

Ataque: restrição total de carboidratos por 7 dias.

Fase de cruzeiro: entram legumes até o peso desejado.

Fase de consolidação: duração de 10 dias para cada kg de peso perdido: entra 1 fruta +1 pão + 1 fatia de queijo + 2 porções de cereais. 1 x semana fase de ataque.

Fase de manutenção: 1 x semana fase de ataque, incluir 3 colheres (de sopa) de aveia ao dia + treinos.

Vantagens:

As proteínas são nutrientes de digestão lenta, o que pode contribuir para prolongar a sensação de saciedade;

Há uma redução de peso em curto prazo, mas não necessariamente de gordura, ocorre perda de massa também;

Não há limitação de quantidade de alimentos a serem consumidos, somente os tipos de alimentos são restritos.

Desvantagens:

Os carboidratos são as principais fontes de energia do corpo, a exclusão deles como recomendado pela dieta pode promover quadros de tonturas, fraqueza e desmaios.

Devido ao elevado consumo de alimentos de origem animal, como carnes e produtos lácteos, a quantidade de gordura saturada e colesterol ingerido são muito elevados, o que contribui para aumentar os níveis de colesterol ruim (LDL-colesterol) e favorecer ao entupimento de vasos sanguíneos podendo acarretar em quadros de aterosclerose, e aumento do risco de infarto e AVC.

O grupo amina contido nos aminoácidos que compõem as proteínas é eliminado pelos rins. O excessivo consumo de proteínas pode ocasionar um aumento significativo na quantidade de amina a ser eliminada promovendo, consequentemente, uma sobrecarga renal. Se essa situação permanecer por longos períodos, há o risco do desenvolvimento de insuficiência renal.

O desconforto gástrico pode também ser uma queixa entre os adeptos de dietas ricas em proteínas como a Dukan. Esse desconforto pode estar relacionado ao demorado processo de digestão de proteínas e gorduras. Alimentos ricos nesses nutrientes apresentam uma digestão mais complexa, o que os deixa no estômago por mais tempo, favorecendo o desconforto gástrico.

 

dietas da moda
As dietas da moda, de um modo geral, prometem emagrecimento rápido e sem muito esforço. Tais dietas não recebem apoio dos nutricionistas e podem ser perigosas, uma vez que a maioria não é balanceada e pode causar deficiência de certos nutrientes.

Além disso, emagrecer muito rapidamente, a menos que seja sob orientação médica, não é saudável. O mais importante para manter um peso saudável e ideal é ter uma alimentação saudável, dieta balanceada e planejada de acordo com as necessidades individuais, além da pratica regular de atividades físicas.

 

Saiba mais:

Dieta para colesterol: aprenda o que comer

Uma dieta rica em fibras reduziria o risco de asma

Dietas sem carboidratos é um risco

Alerta: conheça as 4 dietas mais perigosas

Descubra os sintomas da falta de ferro na sua dieta

Gravidas: 9 dicas para uma dieta saudável

Saiba as desvantagens da dieta vegetariana


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]