[the_ad_group id="16403"]
Especialidades

Alergia a medicamentos: entenda porque acontece e o que fazer

Por Redação Doutíssima 04/03/2014

alergia a medicamentosMuitas vezes tomamos um medicamento e ele não cai bem. Logo acreditamos que é uma reação adversa e simplesmente trocamos de remédio sem dar grande importância. Sabia que isso pode ser uma reação por você ser alérgico ao medicamento em questão? Diferenciar uma reação adversa de alergia a medicamentos não é obvio logo de cara, mas é preciso. Saiba mais sobre o assunto.

 

 

Como ocorre a alergia a medicamentos

 

Segundo os números da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai), cerca de 12% da população sofre de alergia a algum tipo de medicamento. Sendo os medicamentos mais usados e cridos como inofensivos, os analgésicos e os anti-inflamatórios na verdade respondem por 40% dos casos de alergia a medicamentos. Além desses, os lideres da lista de reações alérgicas são ácido acetilsalicílico, dipirona, diclofenaco e novocaína. Acredita-se também que as crianças podem ser especialmente sensíveis à aspirina e terem ataques de asma desencadeados por esse medicamento. De acordo com os médicos, uma alergia a medicamentos é para toda a vida. Quando um paciente desenvolve esse tipo de alergia ele deverá evitar o medicamento em causa para sempre.

alergia a medicamentosOs sintomas causados pela alergia a medicamentos geralmente são alguns dos sinais típicos de uma reação alérgica: irritação nos olhos, nariz escorrendo, coceira, formigamento e pele avermelhada. Sobre a pele, os dermatologistas avisam que podem surgir placas avermelhadas que causam coceiras e erupções na pele. Contudo, uma alergia com sintomas leves pode também evoluir à casos mais graves, causando a anafilaxia (inchaço da boca, olhos, língua e, principalmente, da glote) que pode levar a pessoa ao sufocamento por não ter passagem de ar entre a garganta e os pulmões. É o caso quando o paciente atinge grau mais elevado da alergia, que é o choque anafilático. Desmaios, queda de pressão, diarreia, vômitos e cólicas intestinais também podem ser apresentados em caso de alergia a medicamentos.

Uma alergia a medicamento pode levar alguns dias para se desenvolver. Por isso, as vezes não é diagnosticado corretamente ou os médicos têm grandes dificuldade em chegar ao diagnóstico correto.

 

Identificando uma alergia a medicamentos e tratando

 

Os médicos da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai) recomendam que o paciente sempre fique atento à sintomas de alergia quando usar um medicamento pela primeira vez. Em caso de manifestação de algum sintoma, o uso do medicamento deve ser suspenso imediatamente e deve-se buscar auxílio médico. A substituição do medicamento será analisada com maior competência pelo médico assim como providenciar testes para identificar a causa da alergia.

É importante evitar a auto-medicação ou tomar medicamentos cuja fórmula seja desconhecida. Em caso de reações, não será possível identificar o agente causador da alergia.

 

Saiba mais:

 

Alergia nas mãos: entenda porque acontece

Saiba identificar os sintomas de alergia ao sol

Saiba mais sobre os sintomas de alergia

Alergia alimentar: sintomas, causas e tratamento

Como lidar com a alergia alimentar na infância

Mito ou verdade: ter animais domésticos diminui risco de alergia

Tudo o que você precisa saber sobre remédio para alergia


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]