[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Conheça os cuidados com lentes de contato

Por Redação Doutíssima 21/12/2014

Seja para a correção de algum problema na visão ou apenas por questão estética, o uso de lentes de contato é cada vez mais comum entre as pessoas. E os cuidados com lentes de contato, muitas vezes, são deixados de lado por muitos destes usuários.

 

Sejam modelos de uso diário, semanal, mensal, anual, além dos coloridos, o uso incorreto ou o descuido com elas pode causar múltiplas e sérias complicações à saúde.  

cuidados com lentes de contato

Falta de higiene pode gerar inflamação e contaminação por bactérias. Foto: iStock, Getty Images

 

Cuidados com lentes de contato redobrados

 

Os riscos aumentam consideravelmente depois das férias e feriados prolongados, quando aumentam casos de infecções oculares provocados pelas lentes de contato. Por isto, os cuidados com lentes de contato devem ser redobrados.

 

A falta de higiene, o armazenamento incorreto e o uso prolongado das lentes podem acarretar graves complicações oculares. Quando usadas de forma indevida, elas podem inflamar os olhos e comprometer a visão do indivíduo.

 

Isto porque qualquer substância que permaneça depositada nas lentes pode causar reação alérgica. Por isso, pessoas que tenham alergia nos olhos e alterações na pálpebra e na córnea não devem usar este acessório.

 

Da mesma forma, não devem usar lentes de contato indivíduos que trabalham em ambientes muito poluídos como, por exemplo, trabalhadores da construção civil. Também não devem usar este recurso quem não consegue seguir uma rotina de cuidados com lentes de contato, seja por falta de tempo ou mesmo de aptidão. Crianças também não deve usar.

 

As lentes de contato são lentes ópticas finas e pequenas, podendo ser do tipo gelatinosa ou dura, sendo que o uso muito prolongado delas ou descuido com a limpeza desse material são alguns dos problemas mais comuns por quem utiliza lentes.

 

Por estar em contato direto com os olhos, a falta de higiene, inclusive, é a porta de entrada para diversas bactérias, como a ceratite microbiana, que pode levar a perda da visão.

 

Cuidado com lentes de contato e mãos lavadas

 

Os cuidados com lentes de contato devem ser redobrados por quem as usa, principalmente, no dia a dia. Um dos cuidados, por exemplo, é lavar muito bem as mãos sempre antes de manusear as lentes de contato. Ao retirá-las, evite utilizar as unhas.

 

A limpeza das lentes de contato deve ser feita com soluções indicadas pelo oftalmologista, não devendo nunca ser utilizada água da torneira para fazer a sua higienização, pois isto acaba expondo as lentes a microrganismos que se desenvolvem em ambientes quentes e úmidos, provocando infecção na superfície dos olhos.

 

Além disto, nunca se deve deixar a solução de limpeza, ou o soro fisiológico, sob o sol, ou demorar a trocar a solução que acomoda as lentes no estojo.

 

As lentes também não devem ser guardadas no estojo com soro fisiológico. Procure utilizar produtos capazes de eliminar os microorganismos, promovendo uma assepsia química de alta qualidade e proporcionando segurança para os olhos.

 

O estojo das lentes deve ser mantido sempre limpo e higienizado. Além disto, deve ser substituído por um novo regularmente.

 

Caso deseje e precise fazer uma maquiagem, mexa nas lentes antes de iniciar o processo estético, pois quando se mexe na maquiagem e depois na lente, as mãos levam impurezas para os olhos.

 

Outro cuidado com a lente de contato que deve ser seguido à risco é o de não dormir com elas. Durante o sono, o nível de lubrificação dos olhos diminui, e as lentes podem ressecar junto com o globo ocular, gerando uma série de problemas à visão.

 

Também não utilize colírios quando estiver usando lentes de contato, dando preferência apenas a lubrificantes específicos.

 

Antes de entrar em praias e piscinas retire as lentes, pois o excesso de cloro e sujeira oferece riscos de contaminação. É comum que grãos de areia se interponham entre a lente e a córnea, provocando ferimentos na superfície do olho, sem falar no risco de perdê-las.

 

Caso queira realmente nadar ou sinta a necessidade de usar lentes de contato nestes ambientes, lembre-se sempre de estar usando óculos de natação.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]