[the_ad_group id="16401"]
Esporte

Judô para mulheres: conheça benefícios e riscos do esporte

Por Redação Doutíssima 07/02/2015

Criado como o caminho da disciplina física e mental, o Judô é um dos esportes orientais mais conhecidos de defesa pessoal, sendo reconhecido como o jogo da cordialidade das lutas marciais. O esporte não traz benefícios somente para o corpo, mas também para o psicológico do indivíduo. Por isso, o judô para mulheres tem sido, cada vez mais, procurado e praticado.

judo para mulheres

Judô ajuda a combater o estresse, a queimar calorias e a ganhar disciplina. Foto: iStock, Getty Images

Judô para mulheres e judô convencional

Em busca dos benefícios, as mulheres estão adotando cada vez mais essa prática para manter a boa forma física e mental.

 

O judô para mulheres, fisicamente, é o ideal, pelo intenso exercício dos membros inferiores do corpo, como pernas e glúteos, característica importante para o público feminino.

 

O gasto calórico e o ganho muscular, nesta modalidade esportiva, são muito intensos, o que acaba tornando as artes marciais uma das práticas esportivas mais completas. Em uma aula de uma hora de judô, a mulher pode eliminar entre 700 e 800 calorias.

 

Diferente do judô convencional, no judô para mulheres, normalmente é usada a técnica chamada Koshin-jutsu, que significa defesa pessoal.

 

Por meio dela, as mulheres usam os fundamentos do judô, tendo como ponto base a defesa. A prática propicia melhora em diversos pontos, como postura, força física, além de firmar o corpo, por meio dos rolamentos e quedas. Nesta técnica também é trabalhada a mente para qualquer situação.

 

A prática do koshin-jutsu trabalha habilidades como ataques, defesa, esquivas e contra-golpes que visam fortalecer o corpo, mas também o espírito. A modalidade ajuda muito as mulheres conquistarem um corpo mais definido, pois elimina muita gordura e o fortalece, sendo que a musculatura não fica da mesma forma de quem pratica musculação diariamente.

 

Disciplina no judô para mulheres

Os benefícios do judô para mulheres são diversos, tanto no plano físico como no psicológico. Um deles é controle emocional. O trabalho disciplinar é sempre muito rigoroso, propiciando um combate constante ao estresse.

 

Por se tratar de uma luta de contato que trabalha, a todo instante, a concentração, a capacidade de raciocínio, em unidades de tempo, torna-se cada vez menor, fazendo com que as respostas corporais sejam mais rápidas e o esforço físico ininterrupto e crescente.

 

Isso quer dizer que, além de se exercitarem e aprenderem a defesa pessoal, as mulheres também têm condições de entrar em forma.

 

Outro ensinamento do judô para mulheres é que ele ensina a utilizar ao máximo, e com a maior eficácia, a energia mental e física, concentrando as duas em um mesmo objetivo, sendo esta uma lição não só para o esporte, mas para a vida toda.

 

Cuidados para prática segura do judô 

Assim como em qualquer esporte, o judô também deve ser realizado sob a supervisão de um profissional devidamente qualificado. Se praticado regularmente e na presença de um professor, o judô oferece poucos riscos.

 

Porém, podem ocorrer lesões, como luxações, entorses ou estiramento muscular durante a prática esportiva, sendo que a maior incidência de lesões ocorre durante a realização dos treinos. Entre as lesões mais comuns estão a tendinites e torções, dores articulares, comprometimento de ligamentos e luxações.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]