[the_ad_group id="16401"]
Remédios Caseiros

Psyllium: aprenda a fazer remédios caseiros

Por Redação Doutíssima 17/01/2015

Quem diria que uma planta pequenina teria um poder tão grande. Assim é o psyllium, largamente utilizado na medicina alternativa para o tratamento e prevenção de doenças. Esta planta cresce principalmente no mediterrâneo, nos solos áridos e arenosos daquela região.

Suas sementes são minúsculas e é na casca destas sementes que está concentrado o poder desta planta, que tem na sua composição nutrientes com propriedades laxativas.

Seu uso é indicado em casos de prisão de ventre e constipação crônica, e, especialmente em períodos em que é considerada mais complicada a evacuação, como gravidez – já que é uma das poucas ervas que não têm contraindicação para gestantes -, hemorroidas, senilidade e até mesmo em estados pós-operatórios.

psyllium

Planta é largamente utilizada na medicina alternativa como tratamento e prevenção. Foto: iStock, Getty Images

Psyllium é aliado contra prisão de ventre

 

O efeito laxante do psyllium ocorre graças a uma ação mecânica que permite o aumento do volume das fezes, o bolo alimentar incha e sai com mais facilidade, já que estas sementes ainda ajudam a aumentar o movimento intestinal. Por isso, é um aliado perfeito para quem luta contra a prisão de ventre.

Para limpar o cólon, a semente é muito competente, pois tem a capacidade de absorver as toxinas do intestino. Da mesma forma, também ajuda a baixar os níveis de colesterol ruim, pois contém uma fibra solúvel e o ácido linoleico, que ajuda a estimular a produção dos ácidos que reduzem este colesterol.

No tratamento da diarreia, psyllium é eficiente na medida em que contém propriedades que absorvem o excesso de água do trato digestivo, assim, torna as fezes mais firmes. Para obter resultados eficazes, tome 2 colheres (chá) de psyllium três vezes por dia atingir a melhora..

Psyllium aumenta sensação de saciedade

 

Mas existe uma outra propriedade desta planta que é muito apreciada: sim, seu consumo, antes das refeições, aumenta a sensação de saciedade e faz com que o período sem sentir fome se estenda, fazendo com que as refeições sejam feitas nos horários corretos e fazendo também com que você… emagreça.

A planta auxilia no emagrecimento também porque, na hora da digestão, os nutrientes da planta se unem às moléculas de carboidrato consumidas impedindo sua absorção. Isso faz com que o corpo busque energia na reserva de gordura e assim funciona o processo de emagrecimento.

As sementes do psyllium devem ser utilizadas com água. Mas a planta pode ainda ser encontrada em formato de cápsulas ou de pó. Este último é o processo mais utilizado, com a mistura de uma colher (sopa) do pó em um copo de água, suco ou vitamina, ou jogado sobre frutas ou salada de frutas pela manhã e à noite.

Se você optar pelas sementes, use meia colher (sopa) de sementes, sempre junto com um copo de água, para aumentar a eficiência. Se consumido em jejum ajuda a emagrecer e aumenta o efeito das propriedades medicinais e laxantes da planta.

Além disso, também baixa as taxas de colesterol ruim, quando consumido diariamente. É recomendado ainda consumir sempre bastante água.

As sementes, cascas ou pó podem ser encontradas em ervanários ou lojas que possuam uma sessão de produtos naturais. O seu consumo, entretanto, não é indicado para pessoas com cólicas abdominais de causa desconhecida ou com suspeita de doenças gastrintestinais.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]